Duração: 4 semestres
Titulação: Tecnólogo
Turno(s): matutino, noturno.
Unidade(s): Buritis.

Muito do que se vê na comunicação atual passou pelas mãos de um designer gráfico. E, para que os alunos estejam cada vez mais preparados para o mercado, o UniBH oferece o curso de Design, em que eles vivenciam na prática os desafios da profissão.

Além dos modernos laboratórios e equipamentos, o curso de Design do UniBH tem qualidade reconhecida, com nota 4 no MEC. Tudo para que os estudantes possam se desenvolver e ser capazes de atuar em todas as etapas do processo de criação, planejamento, elaboração, prototipagem, testes e até gestão – do projeto, da empresa e do próprio design.

 

Contato do coordenador: Sidiney Teixeira Cardoso - scardoso@unibh.br

O mercado de trabalho para o designer formado pelo UniBH é amplo e diversificado,  esse profissional pode atuar em todas as etapas do projeto de Design, nas áreas gráfica, moda, ambientação, produto, sinalização, audiovisual e web. Alguns dos setores que mais empregam os designers gráficos são agências de publicidade e propaganda, editoras, gráficas, birôs de criação e de pré-impressão, gráficas rápidas, departamentos de comunicação de empresas públicas e privadas, agências de comunicação integrada, produtoras culturais e audiovisuais, estúdios fotográficos, empresas desenvolvedoras de conteúdos digitais, escritórios de design, ateliês de moda, escritórios de decoração, construtoras, empresas especializadas em design de espaços externos, galerias de arte ou quaisquer empresas que demandem o desenvolvimento de projetos diferenciados.

O aluno do curso superior de tecnologia em Design Gráfico formado pelo UniBH deve dominar as características e linguagens de diferentes formatos das peças de mídia impressa de cunho comercial, burocrático e editorial para atuar em todas as etapas do trabalho gráfico: da criação à produção.

Dentre as suas competências e habilidades, está a concepção do layout de impressos variados, bem como sua digitalização e finalização, a implementação e controle do fechamento de arquivos, com avaliação da qualidade da produção gráfica, e acompanhamento dos trabalhos de impressão e acabamento.

O profissional deve ter a visão sistêmica do projeto gráfico, de modo a compreender os aspectos mais abrangentes relacionados ao seu fazer profissional, como reconhecer os componentes materiais e imateriais, os processos de fabricação, os aspectos econômicos, psicológicos e sociológicos que perpassam a concepção e o desenvolvimento de um projeto gráfico. Ele dever ter o conhecimento do setor produtivo relacionado ao mercado, materiais, processos produtivos e tecnologias inscritas nos processos contemporâneos de criação e produção gráfica.

Para além da peça gráfica, o estudante deve ser capaz, também, de adaptar conteúdo impresso às mídias digitais e mídias móveis. Por fim, deve ter espírito empreendedor para, além de atuar em postos de trabalho no mercado local, agências de publicidade e propaganda (profissionais de criação, diretores de arte), gráficas comerciais e editoriais (orçamentistas, produtores gráficos), birôs de pré-impressão, empresas de Marketing (assessores de comunicação), agências de comunicação integrada (produtores editoriais, publicitários), empresas de produção fotográfica ou abrir seu próprio escritório de Design.

As possibilidades de experiências práticas e realização de oficinas e visitas técnicas propostas pelo curso colaboram para aproximar os futuros designers da realidade mercadológica. O incentivo à pesquisa e à experimentação de novos insumos e processos alternativos, bem como a responsabilidade socioambiental, o comportamento ético e empreendedor também são valores que contribuem para a formação dos designers formados pelo UniBH.

Unidade De: Por:
Buritis 975,00 877,00*

Valor referente ao pagamento até o 5º dia útil de cada mês, para ingressantes de 2018/2.

Conheça o infográfico do nosso Modelo de Ensino.