Duração: 10 semestres
Titulação: Bacharelado
Turno(s): matutino, noturno.
Unidade(s): Buritis, Cristiano Machado.

O psicólogo tem papel fundamental em uma sociedade cada vez mais conturbada como a nossa. Por isso, o curso de Psicologia do UniBH oferece uma formação voltada para a prática e prepara os alunos para as diversas áreas da profissão.

Avaliado com nota máxima pelo MEC (nota 5) e com 100% do corpo docente formado por mestres ou doutores, o curso privilegia o contato dos alunos com trabalhos interdisciplinares e estágios básicos e específicos supervisionados, além de enfatizar as áreas de Psicologia nas Organizações e Clínica e Saúde Mental.

 

Contato do coordenador: Maria Eugênia - maria.eugenia@unibh.br

A formação de Psicólogo permite a atuação em um amplo mercado de trabalho constituído de oportunidades de analisar e estudar o comportamento de pessoas, de grupos, de instituições e de comunidades, na sua estrutura e no seu funcionamento. Suas intervenções inserem-se na realidade contemporânea para:

– Propiciar condições de auto realização, de convivência e de desempenho para o indivíduo, o grupo, a instituição e a comunidade, mediante métodos psicológicos preventivos, psicoterápicos e de reabilitação (Intervenções Clínicas, Clínica Ampliada e na Saúde Mental).

– Contribuir com a inserção dos sujeitos, dos grupos e das organizações nos processos escolares pesquisando e identificando modos de enfrentamento preventivo ou pela busca de soluções de dificuldades de modo a atingir os objetivos escolares, organizacionais e sociais da educação;

– Diagnosticar e prognosticar as condições de adaptação e desempenho das pessoas a cargos ou atividades profissionais visando alcançar eficácia organizacional e procurando atender às necessidades comunitárias e sociais (Seleção, Desenvolvimento Profissional e Gestão de Pessoas);

– Investigar os interesses, aptidões e características de personalidade dos sujeitos, visando proporcionar-lhe condições para a escolha de uma profissão (Orientação Profissional);

– Propor e efetivar estudos e pesquisas das condições da vida humana no contexto contemporâneo, em períodos específicos da história, visando o desenvolvimento de uma sociedade sustentável e mais justa (Pesquisas em Psicologia);

– Contribuir na direção e na liderança de equipes de trabalho com seres humanos nas várias áreas de inserção da Psicologia tais como organizações, escolas, unidades do Sistema Único de Saúde e do Sistema Único de Assistência Social, clínicas particulares e órgãos públicos.

Além dessa variada gama de possibilidades de formação e trabalho, o curso conta com a especificação de duas ênfases pelas quais o aluno opta no final do curso: “Psicologia nas Organizações” e “Clínica e Saúde Mental”.

Quanto ao perfil do egresso, o curso de Graduação em Psicologia do UniBH propõe-se à formação de Psicólogos, a ser desenvolvida a partir das situações pedagógicas que integram reflexão teórica, práticas profissionais atuais que capacitem a atuação nas várias áreas de aplicação da Psicologia. Os saberes e práticas envolvidos na formação em Psicologia foram objeto de longa discussão pela área e essa reflexão consignou-se na Resolução CNE/CES n.o 8/2004, alterada pela Resolução CNE/CES n. o 5/2011. Essa norma sintetiza o delineamento do perfil geral do formado em Psicologia como conhecimento requerido para o exercício de habilidades e competências essenciais nas direções abaixo indicadas, que serão adotadas pelo curso do UniBH:

– Atenção à saúde: os profissionais devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde psicológica e psicossocial, tanto em nível individual quanto coletivo, bem como a realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética;

– Tomada de decisões: o trabalho dos profissionais deve estar fundamentado na capacidade de avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;

– Comunicação: os profissionais devem ser acessíveis e devem manter os princípios éticos no uso das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral;

– Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os profissionais deverão estar aptos a assumirem posições de liderança, sempre tendo em vista o bem estar da comunidade;

– Administração e gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração da força de trabalho, dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou líderes nas equipes de trabalho;

– Educação permanente: os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática, e de ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento das futuras gerações de profissionais, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmica e profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

A estrutura do curso de graduação em Psicologia do UniBH prevê situações de ensino-aprendizagem capazes de propiciar aos alunos o exercício de reflexão, de investigação e de contato com as práticas profissionais de modo a desenvolver sistematicamente essas habilidades e competências gerais. Em seu conjunto elas constituem o perfil do egresso do curso de graduação em Psicologia do UniBH, a ser considerado ao longo de todo o processo formativo.

As disciplinas básicas e os estágios básicos do curso, distribuídas ao longo dos ciclos I a IV, permitirão aos alunos um contato consistente com as principais vertentes de desenvolvimento da Psicologia como campo de conhecimento e como profissão. Isto possibilitará o aos egressos enfrentar as oportunidades de trabalho nas várias áreas de atuação do psicólogo, tais como a clínica, a saúde mental, a educação, as organizações, as comunidades e áreas emergentes.

Além disso, as ênfases do curso – “Psicologia nas Organizações” e “Clínica e Saúde Mental” –, constituídas por disciplinas e estágios profissionais, proporcionarão aos alunos a discussão teórica e a experiência prática de áreas fundamentais, nas quais se encontram possibilidades profícuas de contribuição da Psicologia. Para isso, as atividades acadêmicas relacionadas as ênfases deverão salientar oportunidades para que os alunos sejam inseridos na responsabilidade profissional (teórica e prática), organizando linhas mestras para sua formação continuada no campo profissional.

No curso de Psicologia do UniBH, a inserção dos alunos nos campos de atuação dos Psicólogos ocorre desde o início do curso articulando-se em cada disciplina teorias e práticas relevantes para o exercício profissional. Os estágios supervisionados se desenvolvem a partir do segundo módulo de forma a aproximar os alunos progressivamente  da responsabilidade profissional, desde a observação dos ambientes e espaços nos quais a Psicologia se insere até as intervenções calcadas no domínio de Métodos e Técnicas desenvolvidos ao longo do curso.

Unidade De Por
Buritis (manhã e noite) 1.398,00 1.398,00
Cristiano Machado (noite) 1.398,00 1.230,00*

Valor referente ao pagamento até o 5º dia útil de cada mês, para ingressantes de 2018/2.

Conheça o infográfico do nosso Modelo de Ensino.