7 cursos superiores para quem ama animais e natureza 7 cursos superiores para quem ama animais e natureza

7 cursos superiores para quem ama animais e natureza

Uma das maiores preocupações dos estudantes na hora de fazer vestibular é conseguir escolher um curso superior que, além de garantir conforto financeiro no futuro, também proporcione algum grau de satisfação pessoal. Por isso, a melhor saída é buscar por profissões e campos de atuação que combinem os seus principais interesses, habilidades e objetivos de vida.

Você ama os animais e adora estar na natureza? Que tal optar por um curso superior que te coloque em contato com tudo o que você mais gosta? Para te ajudar nessa etapa tão importante da sua vida, listamos a seguir 7 dicas de cursos superiores para quem ama animais e quer trabalhar com o meio ambiente. Confira!

Ciências Biológicas

As Ciências Biológicas costumam ser a primeira opção quando pensamos em cursos superiores para quem ama a natureza, não é verdade? E o motivo para isso é simples: as Ciências Biológicas estudam a origem, desenvolvimento e evolução de todas as formas de vida, sejam elas plantas, animais, bactérias, protozoários, fungos ou seres humanos.

Se optar por este curso, você sairá capacitado para trabalhar em contato direto com a fauna e a flora — em jardins botânicos, viveiros e parques de preservação ambiental, por exemplo — ou atuar em pesquisas científicas, salas de aula, institutos governamentais e empresas privadas.

E como as Ciências Biológicas são um campo bastante amplo, você também pode investir em uma especialização em outras áreas, como a biomedicina, botânica, biossegurança, genética e biologia molecular. Ou seja, são muitas possibilidades de atuação para quem quer trabalhar em nome do meio ambiente!

Ecologia

Em termos simples, a Ecologia é uma ciência que estuda as relações entre os seres vivos e o ecossistema onde vivem, com o objetivo de preservar o meio ambiente e seus recursos.

Isso quer dizer que um profissional formado nessa área analisa o funcionamento dos ecossistemas, investiga o impacto da ação humana sobre eles e desenvolve planos para conter e solucionar os problemas ambientais.

Na prática, um bacharel em Ecologia pode trabalhar em parques ecológicos, áreas de preservação ambiental, zoológicos, secretarias municipais, institutos de fiscalização ambiental, organizações não governamentais, empresas privadas ou laboratórios de pesquisa, por exemplo.

E, embora Ecologia também seja uma disciplina dentro das Ciências Biológicas, o curso superior dá mais ênfase às questões específicas da preservação dos ecossistemas, como impactos ambientais, fundamentos da ecologia e legislação ecológica.

Oceanografia

Que tal estudar e trabalhar pela preservação dos ecossistemas aquáticos? Se optar pelo curso de Oceanografia, você vai aprender a analisar rios, lagoas, mares e zonas costeiras, identificando sua composição química, estrutura e até mesmo o modo de vida dos animais presentes nesses ecossistemas.

Um oceanógrafo está constantemente em contato com a natureza, podendo trabalhar com coleta de amostras de ambientes aquáticos para determinar suas condições biológicas, mapeamento do fundo dos oceanos, supervisão dos cativeiros de cultivo de animais aquáticos, saneamento de zonas costeiras, recuperação de áreas degradadas e desenvolvimento de pesquisas sobre impactos ambientais.

Agronomia

Como o nome já sugere, a Agronomia estuda o manejo sustentável dos recursos necessários para a produção agropecuária. Em outras palavras, cabe ao agrônomo melhorar a produtividade e a qualidade dos rebanhos, lavouras e de seus produtos comerciais finais.

Algumas atividades do profissional com formação em Agronomia são: promover o manejo dos solos e colheitas, padronizar e classificar produtos agrícolas, elaborar planos para o desenvolvimento da produção agropecuária, realizar o controle de pragas e vetores, organizar a produção das propriedades rurais, desenvolver sistemas de irrigação ou ainda propor estudos nessa área de pesquisa, entre outras funções.

Já viu que esse curso exige muita disposição para trabalhar com lavouras e rebanhos no dia a dia, não é?

Medicina Veterinária

Exemplo clássico de curso superior para quem ama os animais de estimação, a Medicina Veterinária forma profissionais responsáveis pelo cuidado, assistência clínica e cirúrgica a animais de todos os portes, sejam eles domésticos ou silvestres.

Cabe ao médico veterinário cuidar da saúde, alimentação, preservação e reprodução dos animais. Por isso, um profissional formado nessa área pode trabalhar com inspeção animal, controle de doenças e zoonoses, preservação de animais silvestres em cativeiro, desenvolvimento de produtos e medicamentos veterinários, fiscalização de estabelecimentos que comercializem produtos de origem animal ou mesmo na promoção de campanhas para o auxílio de animais abandonados.

Mas não se engane: na maioria dos cursos de Medicina Veterinária, além das disciplinas voltadas para o cuidado dos animais, você também vai se deparar com diversas matérias das áreas de Ciências Exatas, Sociais e Biológicas, como matemática e estatística, microbiologia e bioética.

Zootecnia

A exemplo da Agronomia, a Zootecnia também é um curso da área de Ciências Agrárias, isto é, um campo voltado para o estudo e desenvolvimento da produção agropecuária.

A diferença é que o profissional formado em Zootecnia atua especificamente no cuidado dos rebanhos e na produção pecuária, enquanto que a Agronomia inclui também o manejo ambiental dos recursos ligados à agricultura.

Um zootécnico pode trabalhar, por exemplo, com o melhoramento genético de espécies, desenvolvimento de rações, aumento da produtividade dos rebanhos para fins comerciais, controle de doenças e estudos para melhoria dos produtos agropecuários.

Não é difícil perceber que tanto o curso de Agronomia quanto o de Zootecnia estão intimamente ligados com o agronegócio, ou seja, são voltados para a produção, melhoramento e comercialização dos produtos agroindustriais em todas as suas etapas.

Engenharia Ambiental

Quer usar a tecnologia para reduzir os impactos da atividade humana e preservar o meio ambiente? Então este curso superior pode ser uma boa opção para você!

Em poucas palavras, a Engenharia Ambiental é um ramo da engenharia que estuda os problemas ambientais e desenvolve meios para preservar os recursos ecológicos e a saúde humana.

Um profissional dessa área atua diretamente com o meio ambiente, podendo trabalhar com avaliação e gestão ambiental, acústica, drenagem e abastecimento de água, planejamento energético, saúde ambiental, gestão de resíduos, qualidade do ar, economia e educação ambiental, saneamento, controle de qualidade, monitoramento de alterações globais e por aí vai.

E então, gostou do post? Quer se manter informado e ficar sempre por dentro do assunto? Assine a nossa newsletter e receba as nossas atualizações em primeira mão!



Inscreva-se