Biomedicina: conheça a rotina de um biomédico e saiba como se tornar um Biomedicina: conheça a rotina de um biomédico e saiba como se tornar um

Biomedicina: conheça a rotina de um biomédico e saiba como se tornar um

A Biomedicina está entre as profissões que mais crescem no país. E não é para menos, as possibilidades de atuação são inúmeras e o mercado de trabalho bem amplo. Para você ter uma ideia, existem 37 especializações reconhecidas pelo Conselho Federal de Biomedicina (CFBM) e tem mais: quem se forma nesse curso encontra oportunidades na área de pesquisa, saúde, meio ambiente, alimentos, docência, entre outras.

Legal, né? Quer saber se tem o perfil de um biomédico? Fique com a gente. Vamos falar mais sobre o que faz esse profissional e qual o melhor caminho para se tornar um.

O dia a dia de um biomédico

Antes de tudo, para ser um bom profissional de biomedicina, é importante que o aluno apresente uma característica comum no universo dos pesquisadores: a curiosidade. Afinal, é ela o grande combustível para se percorrer um caminho de descobertas. E serão muitas, viu? Isso porque um biomédico é responsável por estudar microorganismos causadores de doenças para pesquisar e investigar formas de tratamentos como, por exemplo, vacinas e medicamentos.

Gostar de estudar e manter-se sempre atualizado é primordial para o profissional dessa área. Além de se especializar, é importante também caprichar no aprendizado de uma segunda língua, já que alguns conteúdos são oferecidos somente em inglês, por exemplo. E para se destacar é bom estar sempre por dentro de tudo de novo que aparece, não é mesmo?

Por falar em se diferenciar, existem muitos caminhos que o profissional dessa área pode seguir. Confira algumas das principais áreas de atuação e veja qual se encaixa melhor com o seu perfil.

– Análise Clínicas: escolhendo essa área de atuação, o biomédico vai trabalhar com análises de sangue, urina, tecidos e procedimentos para detectar doenças, além de elaborar diagnósticos.

– Análises Ambientais: o foco dessa área é no meio ambiente. O profissional vai analisar e investigar produtos químicos a fim de detectar riscos à natureza.

– Diagnóstico por Imagem: nessa especialidade, o biomédico realiza exames que possibilitam um diagnóstico por imagem, como ressonâncias e tomografias.

– Indústria: profissionais que atuam nesse campo elaboram soros, vacinas e reagentes.

– Análise Bromatológicas: A tarefa do biomédico aqui é realizar análises químicas e microbiológicas para identificar qualidade e nível de contaminação de alimentos.

– Genética: além de realizar exames de DNA, o profissional realiza pesquisas relacionadas à Genética.

– Citologia Oncótica: trabalha na identificação de alguns tipos de câncer nos seres humanos, a partir de amostras de células.

– Perícia criminal: trabalha no auxílio a elucidação de crimes, a partir de análises de vestígios como sangue e tecidos humanos.

Mas afinal, o que faço para me tornar um biomédico de sucesso?

Vir aqui para o UniBH é optar por uma instituição reconhecida e bem avaliada pelo MEC, e claro, um dos primeiros passos para um futuro de sucesso. Além de muita dedicação, é necessário também contar com uma infraestrutura que ofereça excelentes condições para o seu aprendizado.

Nosso curso de Biomedicina tem foco nas disciplinas da área de saúde, com uma carga horário intensa para que o aluno consiga absorver os conteúdos teóricos e viva na prática a rotina de um laboratório.

Por falar em laboratórios, aqui oferecemos uma infraestrutura completa, moderna e muito bem equipada. O aluno ainda tem a possibilidade de fazer estágios e desenvolver suas competências graças as parcerias da universidade com clínicas, hospitais, empresas e laboratórios.

Ah! O curso foi classificado pelo MEC como o melhor entre as instituições privadas de Minas e ocupa a décima posição no ranking nacional.

E, aí? Quer ser mesmo um biomédico? Faça já a sua inscrição e venha aproveitar todas as vantagens e benefícios do UniBh.