Como conciliar trabalho e estudo no dia a dia? Como conciliar trabalho e estudo no dia a dia?

Como conciliar trabalho e estudo no dia a dia?

Lidar com o cansaço depois de um dia todo de trabalho não é fácil. Porém, ter de lidar também com uma maratona de estudos depois do expediente é ainda mais difícil. E, acima de tudo, requer muita força de vontade.

Milhares de pessoas, seja por opção ou por necessidade, acabam assumindo durante o dia uma jornada dupla que envolve trabalho e estudo, o que pode gerar desgaste físico e emocional, caso não estejam preparadas para superar os obstáculos.

Se estudar e trabalhar são suas prioridades no momento e você não pode se dar ao luxo de abrir mão de nenhuma das duas atividades, é essencial aprender algumas estratégias que poderão ajudar você a realizar suas tarefas de modo satisfatório e não estressante.

Otimize seu tempo

Se você aprender a desenvolver suas atividades com mais rapidez, eficiência e inteligência, seu dia vai render mais. Assim, você conseguirá realizar mais tarefas e, provavelmente, terá mais tempo livre.

Vai para o trabalho de ônibus? Aproveite o tempo ocioso dentro do transporte público para estudar os conteúdos vistos em sala de aula e atualizar suas leituras. Tem um intervalo de duas horas de almoço durante o trabalho? Depois de se alimentar, você pode aproveitar os minutos que sobram para colocar em dia seus trabalhos e também estudar para as provas.

Tente enxergar espaços livres e desocupados ao longo do seu dia e utilize-os com suas atividades cotidianas. Filas de banco, salas de espera de consultórios e o trânsito trazem ótimas oportunidades para aproveitar o tempo de um jeito mais útil.

Faça o que estiver ao seu alcance para deixar de lado a procrastinação. Assim que vier à sua mente determinada tarefa que precisa ser feita, se for possível, execute-a na mesma hora, antes que o desânimo e a preguiça tomem conta de você. Isso evita o acúmulo de atividades e toda a bagunça que vem depois por conta de tarefas atrasadas, tanto no trabalho quanto nos estudos.

Procure estar totalmente presente e focado nas atividades que estiver desenvolvendo no momento. Enquanto trabalha, tente não ficar ansioso por suas pendências acadêmicas. E, enquanto estuda, procure se esquecer do que terá que fazer em seu trabalho no dia seguinte. Se você se preocupar com determinada tarefa em um momento em que não pode fazer nada para resolvê-la, isso só vai gerar ansiedade e estresse.

Seja organizado

Acredite: organização é um item básico de sobrevivência para você que estuda e trabalha. As tarefas a serem cumpridas são muitas, porém suas 24 horas diárias são limitadas e, se você não aprender (e depressa!) a planejar suas atividades e se organizar, muito em breve seu cotidiano poderá estar à beira do caos.

Organização não se resume a comprar uma agenda e a anotar seus compromissos nela (embora isso também seja interessante de se fazer). Ser organizado é aprender a pensar e planejar com antecedência toda a sua rotina, enxergando pontos que podem ser melhorados no modo como você executa suas atividades.

Tenha em mente (e, se sentir necessidade, anote) como funciona sua rotina diária, semanal e mensal. Isso fará com que você se sinta mais apto a analisar quais tarefas desenvolve com frequência e quanto tempo gasta em média para cumpri-las.

Ser organizado faz com que seu dia seja mais prático. Quando você sabe qual a próxima atividade a ser feita, deixa de perder minutos preciosos.

Uma sugestão simples e prática: à noite, deixe preparado tudo aquilo que você vai utilizar no dia seguinte no trabalho e na escola/faculdade, materiais como cadernos, livros, roupas, marmita, celular, documentos. Isso evita imprevistos e, principalmente, o estresse matinal, pois com tudo à mão previamente preparado na noite anterior, basta acordar, tomar seu café da manhã, arrumar-se e sair de casa.

Há muitos livros que podem auxiliá-lo a levar uma vida mais organizada a partir de dicas práticas. Vale a pena investir um tempo neste tipo de leitura, pois os resultados em sua mudança de comportamento serão visíveis.

Livre-se do que é supérfluo em sua rotina

Você é aquele tipo de pessoa que gasta suas horas livres na frente da TV ou navegando pelas redes sociais? Então, é hora de rever seu comportamento. Procure utilizar seu tempo de forma racional.

Analise quais são, em sua rotina, as coisas que fazem com que você use seu tempo de maneira inútil, e crie o hábito de resistir a esse tipo de tentação. Não se esqueça: quanto mais minutos você gasta com atividades que pouco te acrescentarão, menos tempo sobra para que você resolva as outras pendências da sua rotina, principalmente as mais importantes.

Quando for utilizar o computador, para trabalho ou estudo, condicione-se a deixar aberta apenas a aba com a qual está trabalhando no momento. Isso evita aquelas espiadinhas breves em sites de entretenimento e de redes sociais, que geralmente acabam tomando mais do seu tempo do que deveriam.

Defina prioridades

Com a correria do dia a dia, alguns aspectos da vida podem ser deixados em segundo plano. O trabalho e os estudos são extremamente importantes e podem ser ferramentas para que você alcance seus objetivos de vida.

Mas reservar um tempo para cuidar da própria saúde, da espiritualidade, dos relacionamentos e dedicar espaço em sua rotina para momentos de descontração e lazer são atitudes que ajudarão você a se manter disposto, focado e otimista ao longo dos dias. Só assim você terá o pique necessário para seguir em frente em sua carreira profissional e acadêmica. Tenha sempre um tempo para o ócio, nem que seja por um breve período. Isso ajuda a acalmar a mente e recarregar as baterias.

Seja paciente consigo mesmo

Você quer ser o melhor profissional e estudante possível, e todos os dias está se esforçando para alcançar os objetivos que estabeleceu. Mas respeitar a si mesmo e ter consciência das próprias limitações é uma boa estratégia para evitar estresse e frustrações. É importante ter claras as suas metas e batalhar com toda a sua garra para conquistá-las.

No entanto, não seja rígido consigo mesmo e respeite os avisos que seu corpo lhe dá. Se sentir cansaço, deixe-se descansar. Se a ansiedade falar mais alto, busque formas de relaxar. Você deve continuar comprometido com seu trabalho e com seus estudos, mas a chave do sucesso é se manter com a mente e o corpo saudáveis para que você possa continuar batalhando por seus objetivos.

E você? O que faz para conciliar trabalho e estudo no dia a dia? Conte para a gente nos comentários!