Como é o trabalho de um engenheiro civil? Descubra agora! Como é o trabalho de um engenheiro civil? Descubra agora!

Como é o trabalho de um engenheiro civil? Descubra agora!

Se você chegou aqui, provavelmente se interessa pela carreira de Engenharia. Mas você sabe como realmente trabalha um engenheiro civil? É capaz de dizer quais são as suas áreas de atuação e qual é o perfil do profissional? Conhece a estrutura do curso?

Essas são questões importantes para quem vai se decidir qual carreira seguir. Aqui, temos respostas para essas e outras perguntas sobre a Engenharia Civil. Veja só:

A carreira de engenheiro civil

O profissional formado em Engenharia Civil é capacitado para projetar, gerenciar, supervisionar e executar obras e construções. Também é sua função atuar na análise da insolação e da ventilação local, além de trabalhar na definição do melhor tipo de solo para edificações e construções. Seus projetos têm como objetivo a estabilidade e a segurança, tanto da obra em si quanto para os seus usuários.

Desde 1933, a profissão de engenheiro civil é regulamentada no Brasil. Por isso, para exercê-la, é preciso ter concluído um curso superior de Engenharia Civil em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). É necessário também se registrar junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

As áreas de atuação

O engenheiro civil está apto a exercer a profissão em diversas áreas de atuação, como:

Construções urbanas

O profissional pode atuar no projeto, na construção e na reforma de prédios e de grandes ambientes, como shoppings, aeroportos, condomínios, parques e estádios.

Gerência de recursos prediais

Responsável pela manutenção da ordem da infraestrutura de prédios e no estabelecimento de padrões de ocupação e de uso do espaço.

Infraestrutura e transporte

Atuação na projeção e construção de hidroelétricas, rodovias, ferrovias, viadutos e túneis, portos, avenidas e linhas de metrô.

Fundações e estruturação

Desempenho das funções de projetista e na edificação das fundações e das estruturas que servirão de alicerce e de apoio às construções por meio do cálculo do material necessário e das dimensões da obra.

Recursos hídricos e parte hidráulica

Responsável desde o gerenciamento até a execução de obras de reservatórios, de sistemas de irrigação e de drenagem, de barragens, de canais e de costeiras.

Tubulação e saneamento

O profissional poderá desenvolver o projeto e acompanhar a construção de obras de saneamento básico, de estação de tratamento de esgoto e de captação e de distribuição de água.

O perfil do engenheiro civil

Por se tratar de uma atividade profissional que lida diretamente com cálculos e com números, é muito importante que quem optar pela carreira de engenheiro civil tenha uma boa relação com disciplinas das áreas exatas.

Outras características essenciais para esse profissional são:

  • foco;

  • organização;

  • e minúcia para lidar com projetos e aspectos gerenciais que cercarão o seu dia a dia.

Por fim, assim como outras tantas carreiras, os profissionais que optarem por trabalhar na Engenharia Civil devem estar sempre atentos às evoluções do setor e às novas tecnologias aplicadas à construção civil. Só assim eles podem garantir a atualização constante e maiores chances de sucesso na carreira.

O mercado de trabalho

A construção civil é uma área bastante sensível às mudanças econômicas, tanto que passa a ser indicadora de crescimento ou de retração em um país. Por isso, as turbulências enfrentadas pelo Brasil nos últimos tempos afetaram negativamente o setor e a empregabilidade dos profissionais que atuam na área.

Contudo, as perspectivas estão melhorando cada vez mais para essa área da Engenharia. Isso acontece porque o engenheiro civil atua em setores vitais para o equilíbrio econômico. Por isso a estagnação do mercado é curta e passageira.

Algumas áreas — como o saneamento e a geração de energia — precisam de investimentos rápidos e evidentes, ainda mais com a crise hídrica que assola o país. Para superar esses problemas de abastecimento e de energia, será essencial investir em obras civis de grande porte, o que gera uma demanda cada vez maior por engenheiros da área civil.

De acordo com o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), estão registrados cerca de 310 mil engenheiros civis no Brasil, sendo que os estados de São Paulo e de Minas Gerais têm a maior oferta desses profissionais; Amapá e Roraima, por sua vez, possuem os menores índices. Isso mostra que, quando o assunto é oportunidade de emprego, a região sudeste é onde se encontram as principais demandas do setor.

A média salarial do engenheiro civil

Os engenheiros civis são um dos profissionais mais bem pagos do Brasil, com salários iniciais entre R$ 4 mil e R$ 6 mil. Para os estudantes, o cenário também é positivo: as bolsas de estágio e de treinee para a área estão, em média, em R$ 1,1 mil e R$ 3,9 mil, respectivamente.

A variação de salário da categoria acontece de acordo com a experiência de trabalho. Um profissional júnior – perfil de um recém-formado, com pouca experiência de mercado ganha, em média, R$ 5 mil, enquanto um  profissional pleno – perfil de um profissional com vasta experiência de mercado pode ganhar entre R$ 7,8 mil. Já a remuneração do sênior pode variar entre R$ 11 mil e R$ 13 mil, dependo do porte da empresa.

Nas projeções de carreira, um engenheiro civil no cargo de gerente fatura, em média, R$ 10,2 mil, e um diretor, na casa dos R$ 22,9 mil.

O curso de Engenharia Civil

O curso superior em Engenharia Civil é bacharelado e tem duração média de 10 períodos (5 anos). Sua estrutura conta com disciplinas gerais de:

  • Matemática;

  • Física;

  • Química;

  • Administração;

  • e Economia.

Nos estudos específicos, a partir do 7º período, o curso apresenta, na sua grade curricular, disciplinas que abordam:

  • Desenho Técnico;

  • Estruturas;

  • Hidráulica e Saneamento;

  • Eletricidade;

  • Transportes;

  • Mecânica;

  • Residência dos Solos;

  • Construção Civil;

  • e Geotecnia.

Para se formar, é necessário passar por um estágio supervisionado na área e apresentar um trabalho de conclusão de curso.

Você quer saber mais sobre a área de Engenharia e os seus cursos disponíveis? Então baixe o e-book “Guia de Engenharia: entenda melhor sobre a área e os cursos disponíveis” e tire todas as suas dúvidas!

Aproveite para conferir o vestibular do UniBH e dar os primeiros passos da sua carreira!