O que é ProUni e como ele funciona?

Segundo dados do Censo feito em 2013, o Brasil possui cerca de 7,5 milhões de estudantes universitários, divididos em instituições públicas e particulares. Mas esse número já foi muito menor há poucas décadas.

Com o objetivo de aumentar o número de pessoas que têm acesso ao ensino superior, foi criado o ProUni, um programa que visa, basicamente, oferecer bolsas que possibilitem o acesso de quem não teria como arcar com tais estudos.

Confira as principais informações sobre o programa e veja como ele funciona.

O que é o ProUni?

O ProUni é um programa de apoio universitário que concede bolsas integrais ou parciais – de 50% – para estudantes que, por algum motivo, não tenham condições de pagar o valor das mensalidades cobradas pelas instituições de ensino particular.

O programa foi criado em 2004 pelo Governo Federal e tem como objetivo democratizar e facilitar o acesso de pessoas carentes ao ensino superior.

Quem pode se inscrever?

Como é um programa social de incentivo ao acesso ao ensino superior, o ProUni possui algumas restrições de cadastro e a primeira diz respeito ao tipo de bolsa. Se a bolsa desejada for do tipo integral, o candidato precisa ter renda familiar de, no máximo, um salário mínimo e meio por pessoa. No caso de bolsas parciais de 50%, a renda familiar não deve ultrapassar 3 salários mínimos por pessoa.

Outras exigência é a obrigatoriedade de ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio do ano anterior à inscrição, ter obtido pelo menos 450 pontos e não ter zerado a redação.

Além disso, é fundamental que o candidato preencha pelo menos uma das quatro condições a seguir:

  • Ter concluído o ensino médio em instituição pública;

  • Ter concluído o ensino médio em instituição privada com auxílio de bolsa concedida pela própria instituição;

  • Possuir deficiência;

  • Ser professor da rede pública de ensino referente à educação básica e estar concorrendo a bolsas de estudos para cursos de licenciatura. Nesses casos, o candidato não precisa comprovar renda e, sim, o exercício da profissão.

Quais as vantagens do ProUni?

O ProUni traz vantagens muito importantes para a população universitária brasileira, já que o ingresso em instituições públicas tende a ser muito concorrido e o ensino em instituições particulares, por muito tempo, foi altamente elitizado.

Dentre os principais benefícios estão:

Maior facilidade para entrar no ensino superior

Pessoas vindas de famílias com menos recursos financeiros encontram no ProUni um agente facilitador importante para conseguir o tão sonhado ingresso no ensino superior.

De outro modo, o sonho de ter um diploma da faculdade provavelmente teria sido adiado e, portanto,o ProUni atua para garantir maior facilidade de acesso ao ensino superior e democratizar as universidades.

Diminuição dos custos com ensino superior

Mesmo quando não há a concessão de bolsa integral, o valor da mensalidade é reduzido em pelo menos 50%. Além de ter que pagar menos, o aluno também não sai com dívidas da universidade, o que ajuda no começo da vida profissional.

A diminuição dos custos com a mensalidade em si, também, é benéfica para que o aluno com menos condição financeira possa adquirir materiais didáticos e práticos necessários ao curso. Se tivesse que pagar a mensalidade e o material, provavelmente, haveria uma desistência ou sequer o ingresso no curso. 

Redução do peso do vestibular

Como utiliza a nota do ENEM, o ProUni geralmente elimina a necessidade de vestibular por parte da instituição de ensino. Mesmo quando a prova de seleção é exigida, o aluno não precisa pagar qualquer taxa para a realização do exame.

Ampliação das oportunidades de emprego

Mesmo antes de se formar, o estudante experimenta uma ampliação das oportunidades de emprego, inclusive dentro da própria empresa na qual já trabalhe.

Isso se deve ao fato de o estudante demonstrar o interesse em se especializar e, portanto, gerar oportunidades que não apareceriam sem o apoio do curso superior.

Aumento da renda familiar

Essas oportunidades de emprego indicam um aumento da renda familiar, tanto antes da conclusão do curso, quanto principalmente após a formação.

Uma pesquisa encomendada pelo Ministério da Educação ao Ibope mostra que de 1200 bolsistas entrevistados, 68% afirmaram que a renda familiar cresceu e, destes, 28% disseram que a renda familiar melhorou muito.

Com isso, existe uma melhora na qualidade de vida diretamente associada à presença no ensino superior.

Benefícios para as instituições participantes

O ProUni não traz benefícios apenas para os estudantes, mas também para as instituições, já que as faculdades participantes recebem incentivos fiscais, como a isenção de pagamento de Imposto de Renda,Contribuição sobre o Lucro Líquido (CSLL), Cofins e PIS.

Essa isenção pode durar até 10 anos, permitindo melhores resultados para as instituições.

Como aproveitar as vantagens do ProUni?

Para aproveitar as vantagens do ProUni, é necessário realizar a inscrição no programa, o que, normalmente, acontece no começo do ano, antes do período letivo. A inscrição é gratuita e é feita pela itnernet.

O candidato deve fornecer seus dados de identificação, escolher, pelo menos, dois cursos de interesse e o tipo de bolsa. Os cursos podem ser escolhidos em áreas, turnos e instituições diferentes, de acordo com o interesse do candidato.

Diariamente, o candidato também poderá acessar a nota de corte, que é a nota do último colocado que conseguirá acesso às bolsas. Se a nota de corte for maior do que a que o estudante possui, então, isso significa que ele não será chamado na primeira lista e, portanto, ele pode mudar sua inscrição quantas vezes desejar.

A última inscrição válida será considerada para o processo seletivo, que tem duas chamadas. Caso o candidato não seja chamado em nenhuma das duas, pode manifestar o interesse de ficar em uma lista de espera.

O benefício da bolsa de estudos só é concedido com a comprovação de matrícula no curso pretendido e, por isso, é fundamental que haja um número mínimo de inscritos para que a turma seja aberta e válida.

O ProUni é um importante programa de facilitação de acesso ao ensino superior e funciona se baseando, principalmente, na renda familiar dos concorrentes. Atendendo aos requisitos, o candidato pode escolher até dois cursos para concorrer às vagas e, se selecionado, terá benefícios como mais oportunidades de emprego, melhora na renda familiar e diminuição dos custos com o ensino superior.

Quer receber novidades em seu e-mail? Então, assine a nossa newsletter para ficar por dentro de tudo!