Soft skills: saiba quais serão as habilidades em destaque em 2020 e como você pode desenvolvê-las

Se deseja alavancar sua vida profissional este ano, passar a dominar algumas habilidades pessoais, também chamadas de soft skills, pode ajudar você a se destacar.

A capacidade de continuar aprendendo para se adaptar às mudanças tem sido classificada atualmente como a habilidade mais importante para o sucesso na carreira profissional.

Para se ter ideia da dimensão e da importância desse tema, durante o último Fórum Econômico Mundial – que é realizado todos os anos na Suíça, a fim de discutir e analisar as principais questões de interesse internacional – foram abordados assuntos relacionados com as principais competências e habilidades que as empresas exigirão em 2020.

Durante a reunião que contou com a participação dos líderes mais importantes do mundo, empresários, políticos e jornalistas, um aspecto ficou claro: precisamos ser melhores que as máquinas na única coisa em que elas jamais poderão ser melhores do que nós – nas habilidades comportamentais.

 

Por que uma mentalidade de crescimento é importante?

Um relatório da McKinsey & Company indicou que, até 2030, cerca de 800 milhões de trabalhadores globais poderão perder seus empregos para robôs. Assim, à medida que a tecnologia emergente ameaça eliminar tarefas que podem ser facilmente concluídas por meio de automação e máquinas, pessoas em todo o mundo deveriam estar cada vez mais focadas no desenvolvimento de uma habilidade comportamental.

É aqui que a importância de ter uma mentalidade de crescimento se torna real: pessoas motivadas a alcançar níveis mais altos de realizações (em vez de se apegarem a um conjunto de habilidades técnicas – hard skills), aprendendo novas habilidades que não podem ser replicadas pela tecnologia futura, são muito importantes, pois é isso que garantirá mais sucesso.

Quando um funcionário com um alto nível de inteligência emocional possui boas habilidades de comunicação e habilidades interpessoais é mais provável que seja capaz de articular claramente os objetivos e liderar uma equipe de maneira positiva. Isso é especialmente importante em relação à equipes multidisciplinares ou até mesmo àquelas que possuem pessoas de diferentes culturas ou localidades geográficas remotas.

Para empresas que investem fortemente no relacionamento com clientes, as soft skills acabam sendo uma maneira de garantir um relacionamento positivo entre cliente e empresa, sem ter que reforçar a necessidade deste ponto por meio de treinamentos.

 

Conheça, em detalhes, as soft skills mais valorizadas em 2020

Como mencionamos anteriormente, na reunião de Davos, foi criado um ranking com as habilidades mais requisitadas pelas empresas, neste ano. Aqui queremos contar a você um pouco mais sobre cada uma delas.

 

Tomada de decisão e resolução de problemas complexos

Falhas, problemas no meio do caminho e obstáculos fazem parte do nosso dia a dia no mundo do trabalho. A capacidade de usar seu conhecimento para encontrar respostas a problemas urgentes e formular soluções viáveis demonstrará que você pode lidar com elas e, de quebra, destacar-se em seu trabalho.

Portanto, essa é uma das habilidades pessoais mais valorizadas hoje, porque uma das necessidades básicas das empresas é conseguir melhorar os processos e ter funcionários aptos a tomadas de decisão.

Ao fazer isso, as organizações buscam reduzir o estresse, aumentar a produtividade e até a reduzir a carga de trabalho dos funcionários, para que estes possam se concentrar nas tarefas realmente importantes e, consequentemente, atingir as metas.

 

Gestão de pessoas, coordenação de equipe e foco no atendimento e serviços

Claro que as principais competências estão relacionadas entre si, afinal, são habilidades complementares. Estas três habilidades: Gerenciamento de Pessoas, Coordenação de Equipes e Orientação para Prestação de Serviços estão diretamente ligadas a hábitos de eficiência porque contribuem com a melhoria dos processos de tomada de decisão e da interação entre todos os membros de uma equipe, inserida numa estrutura organizacional.

A maioria dos funcionários que fazem parte de uma equipe precisa colaborar com outros funcionários. Você até pode preferir trabalhar sozinho, mas é importante demonstrar que entende e que aprecia o valor de unir forças e trabalhar em parceria com outras pessoas para atingir os objetivos da empresa.

A base do desenvolvimento bem-sucedido dessas habilidades é estabelecer objetivos significativos e saber explicar aos outros o que se espera deles. E dar a eles as ferramentas necessárias para realizá-los.

 

Inteligência emocional, criatividade, comunicação e negociação

Antes mesmo de resolver um problema é necessário identificar o que está acontecendo e por que aconteceu. A inteligência emocional é uma habilidade que nos ajuda a gerenciar a interação com os membros da nossa equipe, de forma a resolver conflitos com eficiência e corretamente. Por esse motivo, a comunicação é uma forte aliada.

A comunicação bem-sucedida envolve cinco componentes:

  • A comunicação verbal se refere à sua capacidade de falar de forma clara e concisa.
  • A comunicação não verbal inclui a capacidade de projetar linguagem corporal positiva e expressões faciais.
  • Comunicação auditiva é a capacidade de ouvir e realmente escutar o que os outros estão dizendo.
  • A comunicação por escrito refere-se à sua habilidade na composição de mensagens de texto, relatórios e outros tipos de documentos.
  • A comunicação visual envolve sua capacidade de transmitir informações usando imagens e outros recursos visuais.

Promover a comunicação e a criatividade durante uma negociação permite identificar e gerar alternativas, propor soluções, visualizar as realizações que podem ser alcançadas, etc. Todas elas são habilidades que podem ser adquiridas através da prática e de treinamentos.

 

Flexibilidade cognitiva, pensamento crítico

A capacidade de adaptar-se às mudanças é uma das habilidades que aparecem na lista de Davos, por meio da flexibilidade cognitiva. Essa capacidade, juntamente com o desenvolvimento do pensamento crítico, é fundamental para a sobrevivência de qualquer empresa no futuro, porque se trata de adaptação a uma realidade em constante transformação. É saber como tomar as decisões mais eficazes, de acordo com as circunstâncias.

Afinal de contas, hoje em dia, as empresas precisam mudar à velocidade da luz para permanecerem competitivas. Então, eles querem trabalhadores que também possam mudar de direção, conforme necessário.

 

Como desenvolver as soft skills

Agora que você já sabe quais são as habilidades mais requisitadas pelas empresas, é hora de traçar um plano de ação para as melhorias que suportem seu plano de negócios. Como as habilidades comportamentais abrangem uma categoria relativamente grande, existem várias maneiras de desenvolver ou aprimorá-las:

  • Para modelar as habilidades, considere trabalhar com um mentor que possa fornecer feedback.
  • Se o seu foco é melhorar a comunicação, cursos sobre o tema de como falar em público podem ser úteis.
  • Procure um curso de especialização que possa ajudá-lo a desenvolver diversas habilidades aplicadas ao seu conhecimento técnico.
  • Embora possa parecer simples, não subestime o efeito de positividade e otimismo. Afinal, a maioria das habilidades sociais é reforçada pela confiança e prejudicada pela ansiedade, insegurança e negatividade. Mudar sua mentalidade, para ver o positivo nas situações, pode ter impacto significativo na maneira como você interage com outras pessoas.

As habilidades comportamentais podem influenciar sua capacidade de fazer uma ótima apresentação e comunicar seus pontos de vista de maneira eficaz.

Agora que você já sabe o quanto as habilidades comportamentais são importantes, que tal realizar uma avaliação pessoal?

Vamos ajudar você com algumas perguntas:

  • Em quais habilidades você se destaca mais?
  • Como pode usá-las para obter bons resultados em seu trabalho?
  • Quais as habilidades que você precisa e deseja desenvolver?

Pense nisso!