Duração:

Titulação:

Turno:

Faça Pós-Graduação em Fisioterapia Respiratória em Terapia Intensiva – Prática Hospitalar no UniBH e apresente-se para o mercado

O curso de Pós-Graduação de Fisioterapia Respiratória em Terapia Intensiva tem por excelência o ensino teórico-prático na área de fisioterapia respiratória com ênfase em terapia intensiva adulto, pediátrica e neonatal.

O curso visa qualificar e atualizar fisioterapeutas para atuar na promoção, prevenção, cura e/ou reabilitação aplicada à Terapia Intensiva buscando a fundamentação de conhecimentos, recursos e técnicas fisioterapêuticas utilizadas na avaliação e no tratamento do paciente de alto risco.

Curso

Público-alvo

Profissionais graduados em Fisioterapia que pretendem atuar na área de Fisioterapia Respiratória e assistência ao paciente internado em terapia intensiva, que desejam realizar o módulo prático/estágio obrigatório.

Diferenciais do curso

Estágio de 6 meses (30 horas semanais) em Fisioterapia Respiratória dentro das unidades de internação do Hospital Mater Dei

Disciplinas com atividades práticas em laboratórios ou dentro do ambiente hospitalar

Professores altamente qualificados, mestres e/ou doutores, que atuam clinicamente em Terapia Intensiva nos principais hospitais de Belo Horizonte


Conheça mais sobre a estrutura da unidade

Quem já estudou aqui indica

Imagem do Aluno

Carolina Braga, jornalista, ex-aluna e professora do UniBH

"Iniciei o curso de Jornalismo no UniBH em 1997 e lembro que, já naquela época, existia uma preocupação da instituição na formação de alunos para o mercado de trabalho. Tanto é que, seis meses antes da minha formatura, eu estava empregada em uma agência de publicidade. Depois, trabalhei nos Diários Associados por 15 anos, onde passei pelo rádio, pela televisão e pelo jornal impresso. Em 2004, retornei ao UniBH, desta vez como professora, com a oportunidade de dar aulas para diversos cursos, e não apenas para as turmas de Jornalismo, o que é uma experiência interessante. A minha parceria com a instituição se consolidou ainda mais no ano passado, com o início do patrocínio ao site que lancei em 2016, o Culturadoria, uma iniciativa de jornalismo cultural independente. Esse apoio tem sido muito importante, inclusive no aumento da visibilidade. Sou muito grata ao UniBH!"