Duração:

Titulação:

Turno:

Faça Pós-Graduação em Psicoterapia Humanista Fenomenológico Existencial no UniBH e apresente-se para o mercado

O curso de Pós-Graduação em Psicoterapia Humanista Fenomenológico Existencial tem como objetivo, oferecer aos estudantes uma atualização e aprofundamento na teoria e prática da Psicoterapia Humanista-Fenomenológica, como uma base consistente e sólida para a compreensão dos mais diferentes sofrimentos que compõem a experiência humana atual, condição para uma atuação com sensibilidade e competência em clínica, muitos dos professores do curso trabalham ou trabalharam por muitos anos em saúde mental.

* Para os alunos interessados será oferecida a opção de supervisão clínica.
* Grande parte das horas do curso será de práticas. É um curso eminentemente prático.
* Está compreendido no valor do curso dois grupos de encontro a serem realizados durante dois finais de semana.

Curso

Público-alvo

O curso de Pós-Graduação em Psicoterapia Humanista-Fenomenológica, é planejado, em especial, para psicólogos, médicos e médicos-psiquiatras.

Diferenciais do curso

Corpo docente especializado

Suporte teórico e prático

Matriz curricular atualizada


Conheça mais sobre a estrutura da unidade

Quem já estudou aqui indica

Imagem do Aluno

Carolina Braga, jornalista, ex-aluna e professora do UniBH

"Iniciei o curso de Jornalismo no UniBH em 1997 e lembro que, já naquela época, existia uma preocupação da instituição na formação de alunos para o mercado de trabalho. Tanto é que, seis meses antes da minha formatura, eu estava empregada em uma agência de publicidade. Depois, trabalhei nos Diários Associados por 15 anos, onde passei pelo rádio, pela televisão e pelo jornal impresso. Em 2004, retornei ao UniBH, desta vez como professora, com a oportunidade de dar aulas para diversos cursos, e não apenas para as turmas de Jornalismo, o que é uma experiência interessante. A minha parceria com a instituição se consolidou ainda mais no ano passado, com o início do patrocínio ao site que lancei em 2016, o Culturadoria, uma iniciativa de jornalismo cultural independente. Esse apoio tem sido muito importante, inclusive no aumento da visibilidade. Sou muito grata ao UniBH!"