Dia 26/10
das 9h às 12h

Inscreva-se
26/10/19
9 às 12 horas
Campus Buritis e Unidade Cristiano Machado

Experiências que Conectam e Transformam

Estão abertas as inscrições para o projeto “Dia dos Professores: experiências que conectam e transformam”, que o UniBH, por meio do Instituto Ânima – braço social da Ânima Educação, realiza na capital mineira no dia 26 de outubro, das 9h às 12h.

O evento, inteiramente gratuito, oferecerá atividades para professores das redes pública e privada, com oficinas e workshops que vão abordar temas como Saúde Mental e Atividade Docente, Gestão de Sala de Aula, Metodologias Ativas de Aprendizagem e Bullying.

Programação

Descrição:
Faremos uma discussão sobre como a depressão e a ansiedade podem estar afetando o nosso fazer docente, seguida de uma aula de Yoga e meditação (portanto os professores devem trazer água, vir de roupas leves e de espírito aberto).

Vagas: 25

Local: campus Buritis

Público-alvo – todos os professores

Duração: 2 horas

Proponente – Rafael Ávila

Currículo: Professor Universitário e Diretor de Tendências e Pesquisas em Educação do Instituto Anima, além de palestrante e professor de Kundalini Yoga.

Descrição:

Esta oficina se propõe a fazer uma introdução aos métodos de ensino tendo como protagonista o próprio estudante. Nela são abordados de forma introdutório os conceitos de gestão de sala de aula, planejamento reverso e metodologias ativas para a aprendizagem.

Vagas: em breve

Local: campus Buritis

Público-alvo – professores do ensino médio

Duração: 2 horas

Proponentes – Pablo Thiago Valentim e Lorena Fialho

Currículo:

Pablo Thiago Valentim, possui bacharelado e licenciatura em Física pela Universidade Federal de Viçosa (2004), mestrado em Física Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (2006) e doutorado em Doutorado em Física pela Universidade Federal de Minas Gerais (2013). Tem experiência na área de Física, com ênfase em Física da Matéria Condensada. Atualmente também atua na formação de professores dos ensinos fundamental, médio e superior e áreas afins, sempre levando em conta o ensino para equidade, a gestão de turmas heterogêneas e o ensino centrado no estudante.

Lorena Fialho Borges Araújo, possui graduação em Biomedicina pela Universidade de Uberaba (2004) e Mestrado em Ciências: Medicina – Biomedicina pelo Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte (2016). Atualmente é coordenadora dos cursos de Biomedicina, Ciências Biológicas, Farmácia do Centro Universitário de Belo Horizonte e Docente do Centro Universitário de Belo Horizonte.Participante do PED Brasil(Programa de Especialização Docente), programa baseado em metodologias ativas de ensino, focado na excelência em formação docente. Experiência na Educação Infantil, Técnica, Superior e Pós graduação.

 

Descrição:

O workshop tem como objetivo desenvolver em professores a capacidade de utilizar metodologias ativas de aprendizagem, em modelos presenciais ou híbridos (blended learning), mediando a aprendizagem em flexíveis ambientes educacionais.

Temas centrais:
– Impactos das metodologias ativas para a aprendizagem.
– Papeis de professores e estudantes no processo de ensino e aprendizagem com metodologias ativas.
– Exemplos e práticas com metodologias ativas: Project Based Learning, Gameficação, Design Thinking etc.

Vagas: 40

Local: unidade Cristiano Machado

Público-alvo – todos os professores

Duração: 3 horas

Proponente – Leonardo Drummond Vilaça Lima Camargo

Currículo:

Graduado em Jornalismo e Especialista em Produção e Crítica Cultural pela PUC Minas. Mestre e Doutorando em Estudos de Linguagens pelo CEFET-MG. Professor dos cursos de Comunicação, Design e Tecnologia da Informação do Centro Universitário UNA e de Pedagogia do Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH). Líder de Inovação Acadêmica do Instituto Ânima e coordenador de cursos de formação docente em parceria com a Finland University (Finlândia). Pesquisador nas áreas de Linguagem e Tecnologia e Formação de Professores. Autor da coleção de livros Oficina de Educomunicação e de artigos sobre tecnologias na educação, formação docente e desenvolvimento de soft skills no ensino superior.

Descrição:

A oficina tem como objetivo capacitar professores das escolas privadas e públicas da região metropolitana de Belo Horizonte/MG em práticas de Comunicação Não-Violenta de modo que estes possam utilizá-las em suas rotinas de sala de aula, na relação com os alunos e também com os demais membros das comunidades escolares. Nossa oficina tem caráter multidisciplinar, será orientada por contribuições de abordagens oriundas da Educação, da Comunicação Social e da Psicologia e apresentará, ainda que de modo sucinto, a seguinte estrutura: iniciaremos com uma atividade de sensibilização para o tema, de modo a convidarmos os participantes ao trabalho e demonstrarmos a relevância e os benefícios da prática da Comunicação Não-Violenta no nosso cotidiano e na Escola. Em seguida, faremos uma breve exposição dos fundamentos da Comunicação Não-Violenta e principais ideias, valores básicos e universais que orientam as práticas voltadas para esse tema – como os quatro passos da CNV, a escuta empática e o perigo da história única – em diversos campos do conhecimento, como o jurídico, por meio da mediação judicial, por exemplo.

Vagas: 50

Local: campus Buritis

Público-alvo – todos os professores

Duração: 3 horas

Proponentes – Ana Rosa Vidigal Dolabella e Rogério Felipe Santos Teixeira

Currículo:

Ana Rosa Vidigal Dolabella é professora pesquisadora e extensionista no UniBH há quinze anos nas áreas de Educação e de Comunicação. Doutora em Língua Portuguesa pelo PDEE Capes Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e Université Stendhal Grenoble III/França. Formanda em mediação judicial pelo TJMG em 2019. Estudiosa da CNV e das práticas restaurativas nas escolas. Professora multiplicadora desde 2018 nas oficinas de professores do Sala Mais Ânima Educação. Pós-graduanda na formação de ensino superior em parceria com a Universidade da Finlândia/ Instituto Ânima/UniBH.

 

Rogério Felipe Santos Teixeira é psicólogo, graduado em Psicologia com ênfase em Educação na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC-MG (2005); Possui Mestrado em Psicologia Social adquirido através do Programa de Pós-graduação em Psicologia Social na Universidade do Estado do Rio de Janeiro PPGPS – UERJ (2008) , em que esteve vinculado à linha de pesquisa Contemporaneidade e Processos de Subjetivação; Pesquisador do uso de Novas Tecnologias Informacionais de Comunicação (NTICs) e seus desdobramentos em processos de subjetivação; Experiência em Educação, Educação a Distância – EAD

 

Descrição:

A ideia central dessa formação é ensinar a importância das habilidades e competências socioemocionais para as transformações na aprendizagem acadêmica e social.
O mini-curso será apresentado por meio de conceitos básicos sobre bullying e saúde mental. Pretende-se oferecer dinâmicas, jogos e atividades de metodologia ativa.

Vagas: 40

Local: unidade Cristiano Machado

Público-alvo – professores do ensino fundamental

Duração: 3 horas

Proponente – Maria da Consolação Azevedo Oliveira

Currículo:

Maria da Consolação Azevedo Oliveira é graduada em Pedagogia e Psicologia, Mestre em Psicologia e professora dos cursos de Medicina, Psicologia e Pedagogia do UniBH

Descrição:

Como planejar e realizar metodologias ativas de aprendizagem em sala de aula

Vagas: 60

Local: unidade Cristiano Machado

Público-alvo – todos os professores

Duração: 2 horas

Proponente – Ricardo Vaz

Currículo:

Ricardo Vaz é mestre e bacharel em Administração, MBA em projetos Kroton, professor do UniBH, certificado em Design Sprint. Atua como gerente de projetos na Salesforce. Possui experiência na aplicação de metodologias: Design Thinking, Lean Startup, Business Model Generation e PMI.

Acompanhe o UniBH nas Redes Sociais