Confira abaixo a relação dos projetos de pesquisa e inscreva-se aqui.

Terapias celulares que empregam a engenharia de tecido baseada em células progenitoras têm se mostrado altamente promissoras no tratamento de doenças debilitantes e inflamatórias. As aplicações médicas associadas com a regeneração do tecido ósseo empregando-se a abordagem da engenharia de tecidos consiste um uma área de grande interesse, especialmente ao se considerar os custos financeiros gerados pelo tratamento e recuperação de tais doenças ósseas que são cada vez mais comuns, como a osteoporose. Nesse contexto, atualmente há um grande interesse em se avaliar a rápida indução de formação do tecido ósseo por pré-osteoblastos e células-tronco em associação a diferentes biomateriais. Inovações metodológicas associadas aos biomateriais que promovam a diferenciação celular em células osteogênicas e a formação de tecido ósseo tem se tornado altamente relevante. Assim, o presente projeto foi elaborado de modo a avaliar a seguinte hipótese: “Células-tronco periféricas humanas são capazes de diferenciar-se in vitro, na presença de um suporte físico biocompatível, em células osteogênicas, que podem formar um protótipo de tecido ósseo com aplicação em medicina regenerativa”. A estratégia adotada neste projeto auxiliará na determinação de quais biomateriais são mais eficientes na indução de formação do tecido ósseo em ensaios empregando-se células-tronco periféricas humanas (CTP). As aplicações das CTP apresentam diversas vantagens em relação a outros tipos de células-tronco: são de fácil acesso, sua obtenção é mais segura, e há menor probabilidade das células obtidas apresentarem características malignas; além da possibilidade de obtenção de grande número de células em relação à punção de medula óssea. O tratamento com fator de crescimento hematopoiético (G-CSF, Granulocyte Colony Stimulating Factor) será usado para se aumentar o número das CTP que estão no sangue, e, a separação das células pela técnica de leucaférese proporcionará a obtenção de amostras enriquecidas com CTP. Diferentes condições de cultivo celular e de biomateriais serão avaliados a partir de linhagem de células pré-osteoblásticas (MC3T3-E1) e CTP, com o objetivo de se identificar a melhor estratégia capaz de induzir histogênese óssea em menos tempo de cultivo in vitro. Além da contribuição deste projeto gerando novas informações básicas sobre engenharia tecidual, os dados obtidos poderão gerar patentes. Destaca-se que a possibilidade de se utilizar CTP para diferenciação em tecido ósseo abre uma nova perspectiva de aplicação em engenharia de tecidos e medicina regenerativa. Além das contribuições científicas geradas pelo desenvolvimento direto desta proposta, vale ressaltar que a aprovação desta solicitação permitirá auxiliar na formação de recursos humanos, pela (i) participação em disciplinas de pós-graduação, (ii) orientação de alunos de iniciação científica e a (iii) co-orientação de alunos de mestrado e/ou doutorado em programas de pós-graduação. Além disto, dentre as metas quantificáveis, a expectativa é que a execução desta proposta possa gerar pelo menos o depósito de uma patente e a publicação de pelo menos três artigos científicos em revistas internacionais indexadas.

 

Professora responsável: Denise da Silveira Lemos Giunchetti

Com o objetivo ao desenvolvimento de materiais alternativos para o tratamento de efluentes aquosos contendo contaminantes orgânicos, com este trabalho, será produzido um carvão ativado utilizando como fonte de carbono os resíduos do coco verde. Ademais, o comportamento da adsorção do corante rodamina B, no material produzido, será estudado em função da temperatura por meio das isotermas de adsorção e de seus parâmetros termodinâmicos. Outro estudo importante que será realizado é a cinética de adsorção. Com os resultados obtidos espera-se compreender os parâmetros termodinâmicos da adsorção da rodamina B em carvão ativado, tais como: a energia livre de Gibbs (∆adsG), a entalpia (∆adsH) e a entropia de adsorção (∆adsS), bem como os mecanismos envolvidos no equilíbrio líquido-sólido. Além disso, acreditamos que os resultados demonstrarão, também, o potencial dos resíduos do coco verde como matéria-prima para obtenção de carvão ativado e para o tratamento de efluentes contendo contaminantes orgânicos.

 

Professor responsável: Alan Rodrigues Teixeira Machado

O projeto de pesquisa visa colaborar para o estudo histórico das edificações indicadas para tombamento municipal em Belo Horizonte, elaborando pesquisas documentais e registros audiovisuais com base na metodologia da história oral para a fundamentação dos pedidos protocolados junto à Diretoria de Patrimônio Cultural, Arquivo Público e Conjunto Moderno da Pampulha da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte – DPAM-FMC. Serão utilizadas, além das metodologias de pesquisa cartorial e da história oral, os instrumentos oficiais de identificação do patrimônio edificado fornecidos pela DPAM-FMC. Espera-se, ao final do projeto, contribuir para a conclusão dos processos de tombamento acumulados na DPAM-FMC, e que causam grande transtorno tanto para os técnicos da instituição como para os proprietários e para a comunidade, que não vê seus bens culturais preservados. Assim, os impactos das atividades serão percebidos tanto na melhora do ritmo dos processos de tombamento em Belo Horizonte quanto no fornecimento de melhores condições para a preservação e restauro das edificações históricas da cidade.

 

Professor responsável: Raul Amaro de Oliveira Lanari

A diabetes mellitus consiste em uma doença crônica e metabólica, associada ao excesso de açúcar no sangue. Dentre as suas complicações, a neuropatia diabética periférica merece atenção, pois o comprometimento das terminações nervosas periféricas pode levar a redução da sensibilidade e alteração de equilíbrio. Este projeto tem como objetivo desenvolver uma palmilha com componentes vibratórios para o tratamento de pacientes com neuropatia diabética, assim como investigar a sua eficácia e dose mais adequada. Para isso, os voluntários serão avaliados por meio de questionários e testes de sensibilidade, equilíbrio e uso da palmilha.

 

Professor responsável: Rodrigo Gontijo Cunha

Este projeto de pesquisa relaciona as teorias de gênero com as teorias da psicologia organizacional e do trabalho na tentativa de compreender quais as dificuldades e enfrentamentos a população LGBT de Belo Horizonte possui no mercado de trabalho, esta vivência entendida como a entrada e a permanência no emprego. A necessidade dessa investigação surgiu de projetos anteriores – um de pesquisa e outro de extensão, ambos financiados pelo UniBH, junto à população LGBT – que identificaram que uma das faces da violência junto à essa população se caracteriza pela dificuldade do preparo, entrada e permanência no mercado de trabalho, por vezes, incidindo em atuações junto à informalidade, subemprego e inclusão-excludente (prostituição etc). Entretanto hipotetiza-se que os diferentes estratos dessa população vivenciam o mercado de trabalho de forma diferenciada conforme a paridade/disparidade com o modelo hetero-cis-normativo. Dessa forma, essa pesquisa tem como objetivo demonstrar as diferentes vivências que Lésbicas, Gays, Bissexuais e Trangêneros possuem com o objeto trabalho, evidenciando possíveis atuações da psicologia para, de um lado, intervir junto a empresas buscando a inclusão, propiciando acesso a bens e direitos, e, por outro, minorar a exclusão/sofrimento derivado de um possível estigma social. Para tanto, a pesquisa se coloca na perspectiva da pesquisa-ação, pesquisa-intervenção, tendo como metodologia a utilização de procedimentos de grupos focais para a coleta de dados: serão feitos 8 grupos focais, dois com cada estrato da população LGBT, contando com a participação de até 10 sujeitos em cada grupo. Os dados serão tratados e analisados a partir do software IRAMUTEQ, que faz análise de conteúdo lexical, é de distribuição gratuita e permite perceber as representações sociais dos participantes, assim como, possíveis conjuntos de conteúdos que se repetem e/ou são mais fortes em cada estrato. As análises serão reapresentadas aos participantes da pesquisa como forma de devolução e conscientização sobre o que pensam e sentem e, sem a identificação, serão apresentadas a um grupo de empresas – Fórum de Empresas e Direitos LGBT – que buscam a inclusão da diversidade como forma de promover a igualdade de acesso ao emprego e à renda em busca da equidade social. Assim, o projeto, além de identificar possíveis dificuldades/facilidades dessa população em relação à empregabilidade, trará a cena um possível lócus de atuação para intervenção pelo UniBH, seja pela perspectiva da pesquisa-ação-intervenção, seja com a proposta junto à empresas para projetos de inclusão pró-LGBT e futuros projetos de extensão, tanto para o preparo para o mercado de trabalho dos sujeitos LGBT, quanto para adequações e superações de preconceitos no âmbito organizacional já postos.

 

Professor responsável: Luiz Paulo Ribeiro

Os complexos processos de apuração, escrita e edição de reportagens sobre ciência implicam a necessidade de ressignificação (jornalística e, também, pedagógica) das investigações especializadas, ligadas às mais diversas áreas do conhecimento, assim como de “(trans)criação” do(s) discurso(s) científico(s) – no esforço de sublimar a terminologia técnica, transfigurando-a em narrativa dialógica, com linguagem e formato mais próximos à(s) experiência(s) daquele a quem se destina (leitor, espectador, usuário, sujeito aprendente etc.).

 

Neste sentido, pergunta-se: de que modo se dá, exatamente, tal operação de (trans)criação da matéria-prima simbólico-científica? De que maneira pensar em mecanismos jornalísticos capazes de estimular o processo de (trans)criação e, consequentemente, aproximar os sujeitos tidos por “leigos” das práticas e do discurso da ciência? Por fim, de modo específico, com base no que agora (a possível nova etapa da pesquisa iniciada em 2017) se configura como central, questiona-se: de que maneira os tais discursos (trans)criados da ciência, por meio de estratégias jornalístico-comunicacionais, articulam diálogos com sujeitos transleitores de tal informação, no que tange a questões de gênero?

 

De modo a dar continuidade à proposta anterior, busca-se, portanto, investigar textos jornalísticos da revista Recreio, destinada ao público infantil, de modo a perceber se as narrativas ali encenadas são (trans)criadas com base em públicos previamente definidos como masculinos ou femininos. Para tal, no que tange à metodologia, a presente proposta de pesquisa centra-se na investigação das técnicas de apuração e escrita jornalísticas, desenvolvidas pelos profissionais da referida revista Recreio (acerca do universo da ciência), assim como na observação das estratégias educomunicacionais usadas para ampliação do mecanismo de (trans)criação do discurso especializado – no caso, destino ao público infantil.

 

Do ponto de vista institucional, pretende-se que tal investigação – a ser desenvolvida, no UniBH, junto ao grupo Educomuni (mídia, educação e organizações) – aproxime-se de (e dialogue com) outros três projetos de pesquisa (dos quais este pesquisador proponente é integrante): o Programa de Comunicação Científica, Tecnológica e Inovação (PCCT), da FAPEMIG, o Núcleo de Estudos de Recepção em Comunicação Pública das Ciências (NERCOPC), desenvolvido junto ao Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais (Fafich/UFMG), e a Rede de Pesquisa Narrativas Midiáticas Contemporâneas (Renami), que reúne diversas instituições brasileiras.

 

Professor responsável: Maurício Guilherme Silva Jr.

Os resíduos agroindustriais provam impactos no ambiente (contaminação de rios e solos), entretanto são ricos em componentes nutricionais. Aqui propõe-se detectar as verduras com maior taxa de produção de resíduo (casca), fazer uma farinha das cascas que tiverem maior atividade antioxidante detectada, elaborar, avaliar (analise sensorial) e divulgar para a comunidade, em um livro, receitas com o uso e preparo caseiro das farinhas. Há um potencial de desenvolvimento de novos produtos alimentícios.

 

Professora responsável: Sabrina P. Fabrini

 

Dentro de um contexto no qual o PAC-urbanização completa 10 anos de implantação e, considerando que o município de Belo Horizonte atingiu expressivo desempenho na captação de recursos deste programa nacional, observa-se a necessidade de avaliação dos efeitos deste programa em termos sociais e projetuais.

Neste contexto, a rede Observatório das Metrópoles inseriu em suas atividades a avaliação do programa em nível nacional e fez o convite à professora responsável por este projeto de pesquisa para realizar a pesquisa no município de Belo Horizonte no que se refere aos aspectos projetuais obtidos a partir das intervenções do PAC-Urbanização nas vilas e favelas de BH.

Considerando que o município de Belo Horizonte sempre apresentou pioneirismo em seus procedimentos de implantação das políticas urbanas no contexto da urbanização de assentamentos precários, também se faz necessária uma avaliação pormenorizada dos procedimentos que envolvem intervenções em assentamentos precários no município de Belo Horizonte. Assim, serão estudados os Planos Globais Específicos – PGEs, instrumento de planejamento das intervenções do poder público municipal nas vilas e favelas de Belo Horizonte. A análise do PAC-Urbanização será feita à luz da execução do PGE no âmbito da URBEL.

Tendo acordado com o presidente da URBEL, a professora terá acesso a todos os PGEs em questão além de todos os projetos executivos dos contratos do PAC-Urbanização. Desta forma será possível confrontar a informação das duas peças e verificar a adequabilidade da política aos anseios da população.

Para ilustrar a realidade de cada assentamento, serão conduzidas entrevistas com lideranças comunidades e serão realizadas visitas de campo.

 

Professora responsável: Thêmis Amorim Aragão

Hoje com a maior parte da população humana vivendo em cidades e boa parte dos ecossistemas naturais sendo fragmentados, são grandes as ameaças à biodiversidade. A proximidade dos habitats urbanos aos habitats naturais têm promovido o uso dos espaços urbanos por espécies nativas. Algo considerado importante e fundamental pela Convenção da Diversidade Biológica.

 

O uso do espaço urbano pode acarretar danos à avifauna como aumento da carga parasitária. Por outro lado, a manutenção de uma matriz verde imersa ao ambiente urbano, pode assegurar a sobrevivência das espécies nativas em meio às cidades. A manutenção da diversidade nas cidades e a proximidade de seus habitantes com os sistemas naturais, assegura qualidade de vida para as pessoas e aumenta a consciência sobre a importância da conservação dos sistemas naturais. Neste contexto, a observação de aves é um excelente mecanismo para promover a educação ambiental.

 

Assim, o objetivo deste estudo é ampliar o conhecimento sobre a avifauna da região metropolitana de Belo Horizonte, compreendendo a diversidade de espécies, o uso do espaço, relações ecológicas de parasitismo e seu papel na educação ambiental com vistas à conservação. Para tanto levantamento da avifauna, captura e marcação vêm sendo realizadas desde 2014. Registros sobre alimentação, reprodução, morfometria e intensidade de parasitas também vêm sendo coletadas. As aves são observadas por binóculos e capturadas em redes de neblina. Parasitas intestinais vêm sendo analisados pela coleta de fezes, parasitas sanguíneos por esfregaços sanguíneos e ectoparasitas coletados. Os registros fotográficos das espécies serão utilizados para a confecção de dois guias de identificação para estimular a observação de aves e a conservação da vida silvestre.

 

Já foram registradas 85 espécies de aves no campus Buritis do UniBH e 157 espécies de aves para o Parque Ecológico. Espera-se determinar as espécies residentes e passageiras nos ambientes estudados e àquelas residentes, caracterizar o seu uso do espaço e padrões temporários. Os guias de identificação serão disponibilizados online de forma gratuita e espera-se que estimulem a observação de aves e a conscientização ambiental (avaliada por meio de questionários). Por fim, espera-se que a carga parasitária de aves residentes sejam menores que a carga parasitária de espécies de aves que utilizam o espaço urbano apenas para passagem, demonstrando sua adaptação aos ecossistemas urbanos.

 

Professora responsável: Thaís Maya Aguilar

O tratamento de efluentes e a adequação do lançamento de substâncias potencialmente poluentes aos corpos hídricos têm sido objetos de grande interesse nos últimos tempos devido ao aumento da conscientização da população e à rigidez das regras ambientais. O monitoramento dos padrões de água e efluentes, residenciais e industriais, lançados no corpo hídrico receptor de uma região fornecem subsídios valiosos para a identificação do comportamento de seus parâmetros, do nível de impacto ambiental que pode ser causado, bem como para a elaboração de cenários e perspectivas de expansão urbana integrada a um processo de desenvolvimento sustentável e melhoria das condições de vida da população da região. Os contaminantes emergentes são compostos presentes em recursos hídricos e têm origem antrópica e também natural, podendo apresentar riscos ao ecossistema e não estão incluídos em programas de saneamento de rotina, ou seja, não constam na legislação. A obtenção de materiais para o tratamento de tais efluentes, sendo eles adsorventes, como aluminossilicatos (vermiculita), devidamente tratados e hidrofobizados, que possuem alta área superficial, permitirá analisar a retenção de contaminantes emergentes em um determinado meio.

 

Professor responsável: Vitorio Delogo de Castro

O objetivo do projeto BAJA, a competição entre instituições de ensino superior de carros off-roads, é desafiar os estudantes, visando a aplicação na prática, da teoria vista em sala de aula. O programa consiste em várias regras impostas, segundo o manual de Inspeção de Conformidade Técnica e Segurança do BAJA SAE. Através do cumprimento das mesmas, inicia-se pelo planejamento, dimensionamento e estudo aprofundado, para iniciação do projeto.  Neste trabalho, visa-se a aplicabilidade e escolha da suspensão mais adequada para o melhor desempenho do carro, decidiu-se então utilizar softwares para simulações estruturais e de esforços, como o SolidWorks e um estudo sobre análise de dinâmica e simulação de sistemas multi-corpos, ADAMS (Automatic Dynamic Analysis of Mechanical Sytems). A princípio, foram observadas as suspensões Duplo A e MacPherson, respectivamente na dianteira dependente e traseira independente. Pretende-se com esse projeto, conhecer profundamente os sistemas de suspensões disponíveis para veículos off road e certificar a viabilidade da utilização das suspensões estudadas em questão.

Serão simuladas condições semelhantes as solicitações de esforços presentes e impostas ao veículo durante a competição. Por meio das simulações será possível propor o sistema de suspensão mais adequado, bem como uma geometria mais precisa, gerando uma otimização do desempenho do veículo. Visa-se também, a apresentação do artigo em congressos e/ou seminários de engenharia mecânica, com intuito de publicá-lo e transmitir o conhecimento adquiridos para estudos futuros de terceiros, através desse artigo, e também alunos interessados com o projeto BAJA e a participação na equipe.

 

Professor responsável: Tiago Evangelista Gomes

 

A rigidez passiva dos diversos tecidos biológicos articulares e periarticulares, em especial a do médiopé e a sua interação com outras medidas de cunho clínico e laboratorial, são de grande interesse na compreensão das sinergias articulares que determinam os diferentes padrões de movimento. Estas compensações cinéticas e cinemáticas podem se manifestar durante atividades funcionais como a marcha e, desta forma, serem determinantes para a ocorrência de lesões musculoesqueléticas. Assim, o objetivo desse projeto é correlacionar os valores da rigidez passiva do complexo articular do médiopé (CAM) com outras medidas clínicas e laboratorias. Para mensurar a rigidez passiva do CAM será utilizado o torsímetro, instrumento este desenvolvido e validado pelo autor do projeto. As medidas clínicas incluem: rigidez passiva do quadril, usando um inclinômetro analógico, e o alinhamento estático dos seguimentos antepé, retropé e perna, usando o sistema de fotogrametria. As medidas laboratoriais são as variáveis cinéticas e cinemáticas dos membros inferiores durante a fase de apoio da marcha, usando um sistema opto-eletrônico (Pro-Reflex Qualisys) e duas plataformas de força (AMTI OR6-7). A demonstração das interações entre as rigidezes articulares e as medidas clínicas e laboratoriais aumentará o entendimento dos mecanismos de lesões musculoesqueléticas e auxiliará no desenvolvimento de intervenções clínicas para prevenção e tratamento dessas lesões. Assim, o presente projeto inovador possui um potencial impacto abrangente e benéfico sobre as áreas de reabilitação e movimento humano.

Professor responsável: Fabrício Anicio de Magalhães

O ciclo reprodutivo feminino é considerado um fator de risco para o desenvolvimento de transtornos psiquiátricos e o período perinatal parece ser a fase de maior incidência desses transtornos na mulher, com maior possibilidade da mulher desenvolver depressão, que é um transtorno psiquiátrico cuja sintomatologia envolve alterações do humor, da volição e da cognição. Evidências mostram que esse transtorno do humor pode acarretar em alterações do córtex cerebral. Aproximadamente 18,5% das gestantes encontram-se deprimidas, enquanto que a depressão pós-parto atinge aproximadamente 19,2% das puérperas. Recentemente, estudos de neuroimagem demonstram que a gestação também pode afetar o volume da massa cinzenta em algumas regiões do córtex. O nascimento de uma criança e a carga de trabalho associada aos cuidados, bem como ajuste ao papel de mãe, representam desafios para as mulheres. A sensibilidade maternal é um componente importante no suporte para as necessidades das crianças. A depressão pós-parto impacta de forma negativa no desenvolvimento de práticas de maternagem, sendo necessário reconhecer o impacto dessa psicopatologia no desenvolvimento da criança. O presente estudo, que faz parte de um grande estudo de coorte, iniciado em2011 e que tem hoje 834 indivíduos incluídos, propõe comparar a morfologia cerebral de mulheres que tiveram (n=25) e não tiveram depressão durante a gestação (n=25) com nulíparas (n=25) por meio de uma ressonância magnética de 3 tesla. Avaliaremos, por meio de uma bateria neuropsicológica, a cognição das mulheres desses três grupos bem como uma série de avaliações clínicas e neuropsicológicas de fatores potencialmente associados com a depressão. Outrossim, serão avaliadas, por meio de testes neuropsicológicos, as crianças das mulheres que tiveram depressão no período perinatal, assim como daquelas que não desenvolveram o transtorno do humor.

 

Professor responsável:  Humberto Corrêa da Silva Filho

A maioria dos tratamentos de esgotos domésticos utilizados no mundo não elimina os poluentes nocivos presentes na água, apenas separam estes do fluxo líquido. O lodo gerado pelo sistema primário e secundário de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) normalmente são dispostos em aterros sanitários e incinerados, porém já há estudos e alguns locais no país que reutilizam este material tratado na agricultura, como adubos, como na construção civil, como agregados em argamassas e concretos. Outro tipo de resíduo gerado pelas ETE’s são os originados no tratamento preliminar, tanto nos gradeamentos quanto nos desarenadores. Existem poucos dados e trabalhos quanto a este tipo de resíduo, sendo que o descarte deste material tem ainda como único fim os aterros sanitários. A construção civil é uma das possíveis áreas que pode receber este material gerado, desde que estes sejam estabilizados. O benefício sustentável deste produto já tratado será tanto por parte da estação de tratamento de esgoto, que conseguirá outro fim, menos lesivo, para os resíduos gerados pelos desarenadores; como para as indústrias de fabricação de areia, que precisarão extrair menor quantidade de matérias primas dos rios. Além disso, a sociedade em geral se beneficia com isto já que permite uma menor agressão ao meio ambiente. Desta forma, o objetivo geral deste projeto de pesquisa é caracterizar e tratar o resíduo advindo de desarenadores de uma Estação de Tratamento de Esgoto para possível reaproveitamento do material como agregado miúdo em argamassas e concretos. A metodologia a ser seguida será iniciada com a realização de pesquisa bibliográfica quanto aos assuntos que cercam o tema proposto. Concomitantemente, serão realizadas visitas a estação de tratamento de esgoto para verificação do sistema do desarenador e para coleta de amostras do resíduo gerado pelo mesmo. Serão também coletadas informações deste resíduo através de entrevistas. Com as amostras, será feita a caracterização da areia quanto a parâmetros físicos, químicos e biológicos em laboratório, definindo, a partir dos resultados da caracterização, qual tipo de tratamento a areia deverá sofrer para estar nos conformes normativos. Após se fará o tratamento da areia e realizar-se-á ensaios com o agregado miúdo já tratado para certificação que estão dentro das normas e que podem ser utilizados em concretos e argamassas. Espera-se com este projeto obter uma robusta pesquisa bibliográfica sobre o tema de tratamento de resíduo advindo dos desarenadores de Estações de Tratamento de Esgotos, fazer uma caracterização profunda do resíduo retirado dos desarenadores quanto aos parâmetros químicos, físicos e biológicos para saber quais características deverão ser tratadas para que a areia possa ser utilizada em argamassas e concretos como agregado miúdo, tratar o material e verificar a qualidade final da areia produzida certificando que esta pode ser utilizada em argamassas e concretos, como agregados graúdos. Por fim, estes resultados serão divulgados em trabalhos científicos e em Congresso. Como impacto para a sociedade, pode-se citar que a partir da descoberta do melhor tratamento da areia, este resíduo poderá ser tratado e reutilizado; diminuindo a disponibilidade deste, sem tratamento, no meio ambiente.

 

Professor responsável: Verônica Bernardes de Souza Léo

A presente proposta visa caracterizar avaliar a poluição difusa e pontual na bacia do Cercadinho, que é um afluente do rio das Velhas, onde a poluição difusa apresenta fontes essencialmente ligadas ao meio urbano, como àquelas relacionadas à grande quantidade de veículos (óleos, graxas, resíduos de pneus, material particulado), às atividades industriais e aos sistemas de esgotamento sanitário e drenagem pluvial bem como a poluição pontual. A toxicidade de diversos poluentes ambientais em seres humanos e demais espécies tem sido habitualmente investigada quanto aos seus efeitos teratogênicos e cancerígenos. Nas últimas décadas, muitos contaminantes têm demonstrado efeitos adversos sobre o sistema endócrino. Atualmente, cerca de onze milhões de substâncias químicas são conhecidas em todo mundo, sendo três mil delas produzidas em larga escala.  A metodologia será utilizar levantamento de bases científicas existentes, documentos técnicos já elaborados, bem como o levantamento de campo e coleta de amostras para caracterização no laboratório no que diz respeito a interferência humana nos fatores ambientais e suas respostas na qualidade de vida. A partir dos resultados, traçar estratégias de adequação ambiental.

 

Professora responsável: Elizabeth Rodrigues Brito Ibrahim

Diversos estudos focam o comportamento do consumidor. Um grande número deles se atém ao teste de modelos sobre predição de compra utilizando-se dos modelos de teoria da ação racional TAR e da Teoria do Comportamento Planejado TCP. Assim, explicações sobre as suas práticas, cotidianas ou não, e a adoção de produtos ou tecnologias cujos resultados são considerados incertos ou cuja adoção implica a assimilação de novos conhecimentos, ruptura de hábitos e comportamentos, mudanças de valores ou a superação de impedimentos pessoais ou ambientais podem ser mais bem compreendidas por meio dessas teorias. O objetivo principal dessa pesquisa é identificar o nível de intenção da população em comer alimentos saudáveis nos próximos três meses. Além disso, busca-se testar e validar a Teoria do Comportamento Planejado para explicar a intenção comportamental associada ao consumo de alimentos saudáveis por meio da operacionalização dos construtos da teoria e identificar quais as principais vantagens e desvantagens do processo de comer alimentos saudáveis, na percepção dos indivíduos. Em termos metodológicos, a pesquisa terá duas fases distintas e complementares. Primeiramente será realizada uma pesquisa qualitativa com 20 indivíduos sobre as crenças e os conteúdos relacionados às vantagens, desvantagens, o que facilita e o que dificulta a realização de comer alimentos saudáveis. Além disso, também serão identificadas as pessoas que se importam com a alimentação saudável por parte do indivíduo. Os resultados dessa pesquisa serão utilizados na fase posterior para a confecção de um questionário que será aplicado na segunda etapa da pesquisa – a etapa quantitativa. Serão aplicados mais de 600 questionários presencialmente e também pela internet, por meio dos contados do Facebook Ads. Para a análise de dados, serão utilizadas as técnicas de estatística descritiva, teste de outliers multivariados, análise fatorial exploratória, confiabilidade das escalas, validade convergente, validade discriminante e validade nomológica por meio da análise fatorial confirmatória utilizando a modelagem de equações estruturais. Ao final, serão escritos artigos com o intuito de publicação em congressos e revistas científicas.

 

Professor responsável: Luiz Rodrigo Cunha Moura

A leishmaniose visceral canina (LVC) é considerada uma doença significativamente importante na área da saúde pública, em notável evolução e crescimento no país. Infelizmente, o município de Belo Horizonte se destaca entre os lugares com a maior taxa de incidência de LVC no mundo, cerca de 30% e se destaca também pela elevada taxa de letalidade da doença em humanos, cerca de 25%. Diante disso, é importante que a tomada de decisões para o controle e a prevenção dessa enfermidade seja mais acertada possível. Quando se trata de tomadas de decisões, os aspectos econômicos relacionados à LVC não devem ser deixados de lado, pois os recursos são escassos, ainda mais em tempos de crise.  Considerando essa relevância da Economia aplicada à saúde, o presente projeto descreve um estudo que abordará os impactos econômicos e financeiros que a LVC gera para o tutor, para o sistema de saúde e para a sociedade em Belo Horizonte, Minas Gerais. Para isso serão aplicadas metodologias de modelagem estocásticas, para a produção de modelos bioeconômicos dinâmicos e os dados utilizados serão extraídos de revisões sistemáticas com Metanálise sobre importantes questões relacionadas ao controle e à prevenção da LVC como: diagnóstico, eutanásia, tratamento, vacinação, utilização de coleiras antiparasitárias ou de substâncias repelentes. Como etapa final do estudo serão elaborados diferentes cenários de ocorrência da doença e a relação de benefício custo de cada medida poderá ser estimada através da comparação desses cenários, na análise de sensibilidade do modelo. Isso permitirá que o tutor e os sistemas de saúde tenham um referencial econômico para tomadas de decisão.

 

Professora responsável: Camila Stefanie Fonseca de Oliveira

A substância mais comumente utilizada para a conservação de cadáveres e tecidos é o formaldeído (o “formol”), que traz comprovados, por diversos estudos atuais, malefícios à saúde dos que o manipulam e mesmo à dos que têm contato eventual durante as aulas práticas em laboratórios. Tendo em vista que os cursos que trabalham com essas peças naturais são da área de saúde, a retirada do formol propiciará melhoria não só para aqueles que as manipulam, mas também, a longo prazo, para seus pacientes. Sendo assim, outras substâncias podem ser utilizadas com o objetivo de substituir o formaldeído, mas para isso o processo deve ser desencadeado no momento inicial da fixação do cadáver. Esse fato impede o procedimento controlado pois os cadáveres tradicionalmente são entregues às instituições de ensino já conservados em formol. O objetivo do estudo proposto é conseguir maior durabilidade dos espécimes neuroanatômicos já fixados e, ao mesmo tempo, fazer a substituição do formaldeído na conservação das peças anatômicas, além proporcionar melhores condições de trabalho e estudo para aqueles que manipulam as peças. Serão utilizados encéfalos já formalizados que irão passar por um procedimento de retirada do formol e nova fixação com substância alternativa e de custo menor: glicerina semipurificada. Com o procedimento espera-se conseguir espécimes mais resistentes à manipulação, o que é de extrema importância devido à carência de cadáveres, e a retirada do formol. O resultado positivo do projeto proposto atingirá centenas de alunos que têm contato com os laboratórios de anatomia durante todo o semestre, reduzirá custos da manutenção das peças, avaliará a maior durabilidade das peças neuroanatômicas e permitirá, em momento posterior, expansão do estudo para demais órgãos e tecidos já fixados.

 

Professor responsável: José Gilberto de Brito Henriques

A aromaterapia é uma ciência que faz parte da fitoterapia, baseada no uso de óleos essenciais que são substâncias químicas extraídas de plantas. O uso de terapias complementares em animais está aumentando consideravelmente. Segundo uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, cerca de 20% dos tutores recorrem a tratamentos complementar quando seus animais enfrentam problemas clínicos. O embasamento científico para uso da terapia é bem descrito na literatura, uma vez que há vários artigos científicos comprovando o efeito de óleos essenciais, em especial, nas diversas fases de cicatrização de feridas. O objetivo do presente trabalho é avaliar a ação dos óleos essenciais em equinos, utilizando-se como material de pesquisa amostras por conveniência de animais provenientes do Hospital Veterinário do UniBH e da Cavalaria da Policia Militar, no período de um ano. Pretende-se avaliar a ação dos óleos essenciais de lavanda, copaíba e melaleuca, frente a lesões/feridas abertas, visando a observação do processo cicatricial com a utilização do óleo essencial. Espera-se encontrar uma melhora significativa no tempo de cicatrização das feridas devido ao longo período que essa espécie demanda para o processo normal sem a medicina complementar.

 

Professor responsável: Bruno Antunes Soares

O presente trabalho tem como objetivo analisar a participação dos moradores na elaboração de projetos de urbanização em assentamentos precários tomando como objeto de estudo a Pedreira Prado Lopes, a favela de ocupação mais antiga do município de Belo Horizonte. Busca-se compreender, na visão dos moradores e do poder público, os limites e as possibilidades da participação popular nos projetos de intervenção, tomando como referência a percepção dos sujeitos e as relações que estes estabelecem no território.  Pretende-se, por meio do cruzamento das fontes oficiais da Prefeitura do município de Belo Horizonte com entrevistas balizadas pela metodologia da história oral estabelecer uma reflexão sobre as políticas públicas de habitação na capital.

 

Professora responsável: Alexandra do Nascimento Passos

Estimular o desenvolvimento da competência diagnóstica em estudantes de Medicina constitui um dos grandes objetivos (e desafios) da educação médica. A compreensão dos mecanismos cerebrais envolvidos na realização de diagnósticos, ao utilizar estratégias de raciocínio clínico reflexivo ou não reflexivo, conforme a complexidade de cada caso, pode auxiliar na identificação de evidências que reforcem o uso de novas abordagens educacionais e de modelos instrucionais que propiciem efeitos benéficos no aprendizado de estudantes de Medicina, determinando mais acurácia diagnóstica e reduzido grau de esforço mental. Os autores do presente projeto se propõem a analisar e comparar, o impacto do uso de três formas diferentes de raciocínio clínico reflexivo (reflexão livre X reflexão com pistas X reflexão exemplificada) no registro dos ERPs, entre estudantes de Medicina do quarto ano, para a solução de casos clínicos protótipos e casos complexos. Ao fazer essa análise, os autores poderão identificar padrões de atividade cerebral relacionados a diferentes metodologias de ensino do raciocínio reflexivo e evidências dos mecanismos cerebrais envolvidos na relação metodologias de ensino – performance clínica, além de constatar se persiste, após seis meses da intervenção inicial, o efeito de cada estratégia de raciocínio na acurácia diagnóstica.

 

Professora responsável: Gabriela Araujo Costa

O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de carne e leite do mundo e seu consumo interno tem aumentado cada vez mais, o que trouxe a necessidade de uma fiscalização mais rigorosa. Medidas preventivas de controle microbiológico são fundamentais para manter a qualidade da carne trazendo maior benefício para quem consome, evitando possíveis contaminações. O objetivo deste experimento é pesquisar a presença de Salmonella spp. em uma linha de abate e distribuição de carne bovina e na venda no varejo de queijo tipo muçarela, na região metropolitana de Belo Horizonte. Para a realização da pesquisa foi escolhido um abatedouro bovino na região metropolitana de Belo Horizonte, que abastece a rede de varejo da capital e região, via transportadoras autorizadas, com caminhões refrigeradores. Na rede de varejo, foram selecionados cinco empresas que comercializam a carne originada do referido abatedouro. Todas as amostras de swab (abatedouro e transportadora) e de carne moída serão utilizadas para posteriores análises de presença de Salmonella spp. Amostras de queijo tipo muçarela serão coletadas diretamente na rede de varejo de 6 municípios da região Metropolitana de Belo Horizonte. A saber: Belo Horizonte; Sabará; Santa Luzia; Venda Nova; Ribeirão das Neves; Contagem; Ibirité. Todos os procedimentos de amostragem acima descritos serão realizados nos meses de Junho (2ª Quinzena), Julho (1ª Quinzena), Agosto (1ª Quinzena) e Setembro (2ª Quinzena). Total de repetições por coleta: quatro (4). Para as análises microbiológicas da pesquisa de Salmonella spp. na carne e no queijo será utilizada a metodologia oficial (Brasil, 2003). As amostras serão submetidas às análises microbiológicas exigidas pela RDC n°12, de 2 de janeiro de 2001 do Ministério da Saúde e Portaria nº 146 de 07 de março de 1996 do Ministério da Agricultura, utilizando o Laboratório de Referência da UNA, Campus Guajajaras. Os resultados das análises serão comparados com os padrões exigidos pelo Ministério da Agricultura para amostras coletadas na fonte de produção (Brasil, 1996). Os resultados das amostras coletadas nos pontos de origem e de comercialização serão comparados com os padrões da portaria 364/1997 para queijos tipo muçarela e com a Instrução Normativa No 83 – IN83/2003 (Brasil, 2003). A qualidade higiênico-sanitária do produto será associada com aspectos de adequação técnica e estrutural de produção e de comercialização avaliados. Os resultados das avaliações serão agrupados e descritos na forma de gráficos e de tabelas.

 

Professor responsável: Breno Mourão de Sousa

 

O campo das Relações Internacionais é marcado pela dominância de determinadas vertentes teóricas que não tratam de temas contemporâneos que vão além das dinâmicas estatais e conflitivas. O projeto tem como objetivo o estudo sobre teorias não convencionais no campo das Relações Internacionais, com o intuito de avaliar e ressaltar a potencialidade das mesmas para análise de fenômenos contemporâneos diversos. Leituras pós-coloniais e teorias ecológicas ou ambientalistas continuem os dois objetos de análise do projeto. A partir de revisão de literaturas e da produção de inerências em artigos científicos, espera-se chegar a conclusões sobre a validade de tais abordagens para o estudo das Relações Internacionais. Com isso, há um potencial de expansão e ampliação do campo, o que faz da pesquisa um instrumento de construção fundamental para os estudos da área.

 

Professora responsável: Marina Scotelaro

A aromaterapia é baseada no uso de óleos essenciais puros no tratamento de diversas patologias. Óleos essenciais são substâncias químicas extraídas de plantas, podendo ser encontradas em diversas partes, como folhas, flores, caules e raízes. É uma vertente da fitoterapia, tratando o indivíduo respeitando suas particularidades e visando seu bem-estar.

A aromaterapia é bastante utilizada em vários países, tanto na medicina humana como na medicina veterinária, sendo bastante reconhecida na prática clínica e pesquisa com diversos trabalhos científicos publicados. Na medicina veterinária, pode ser aplicada tanto em animais de produção como em animais de companhia, com efeitos antimicrobianos como também na patologia comportamental, com efeitos psicoativos. Diversos óleos essenciais estão à disposição para uso na medicina veterinária, como Camomila Romana, Gerânio, Neroli, Bergamota, Manjericão, Vetiver, Laranja doce dentre outros.

O objetivo deste trabalho é avaliar os efeitos da aromaterapia na Síndrome de Ansiedade de Separação em Cães (SASC). Para isso, faremos um estudo de amostra por conveniência. Os animais serão selecionados a partir de critérios estabelecidos por meio de um questionário validado e reconhecido em publicações científicas para identificação de sinais clínicos associados à SASC. Cada animal será examinado individualmente pelos professores responsáveis a fim de se observar particularidades que possam incluí-lo ou excluí-lo da seleção. O presente estudo será realizado no período de março de 2018 a fevereiro de 2019, no Hospital Veterinário do UNIBH. Cada animal será acompanhado por no mínimo três meses. Todos os animais serão submetidos a exames clínicos (exame físico, hemograma e perfil bioquímico) e avaliados por meio do questionário supracitado, nos momentos 0, 1, 2 e 3 meses. O trabalho seguirá as normas estabelecidas pelo comitê de bioética.

O presente trabalho espera corroborar e dar continuidade aos resultados expressivos encontrados no trabalho realizado pelos alunos de medicina veterinária no projeto interdisciplinar. Este trabalho estimula a participação dos alunos na prática clínica, além da busca por tratamentos complementares que trazem benefícios para animais e seus tutores de forma menos invasiva.

 

Professora responsável: Roberta Renzo

Os currículos das principais instituições de ensino de arquitetura e design do mundo utilizam a tecnologia de fabricação digital como ferramenta de ensino, pesquisa e extensão, porém o uso dessa tecnologia no meio acadêmico nacional se encontra ainda embrionária. Nossas principais escolas de ensino superior começam a montar seus laboratórios, mas o uso desses espaços e dessas máquinas é tímido e pontual. No curso de arquitetura e urbanismo do Centro Universitário UniBH algumas disciplinas organizam exercícios de projeto utilizando a estrutura do Anima Lab porém tal atividade não foi sistematizada como parte do currículo.

 

O ensino de arquitetura inicia os alunos no uso das várias ferramentas usualmente utilizadas no desenvolvimento de trabalhos pertinentes à disciplina. O computador é uma ferramenta fundamental da disciplina. Tal ferramenta multiplica suas possibilidades a partir da fabricação digital. Essa tecnologia permite a manufatura em um tempo relativamente rápido de modelos em escala reduzida até protótipos em escala real. Trata-se de máquinas auxiliadas por computadores que a partir da utilização de softwares de modelagem digital se tenha a mão uma fábrica reduzida, mas capaz de uma gama vastíssima de possibilidades. Esses espaços de trabalho são chamados de laboratórios de fabricação digital ou espaços makers e aos poucos vão se consolidando como uma estrutura necessária para o desenvolvimento dos centros e instituições de ensino superior.

 

Essa pesquisa tem como objetivo a introdução dessa tecnologia no meio acadêmico a partir do desenvolvimento de um workshop que abordará os principais softwares, maquinário e processos da fabricação digital.

Os kits de montagem funcionam como uma série de peças que podem ser montadas e cada aluno terá a oportunidade de conhecer os principais processos e técnicas da fabricação digital. Um aspecto fundamental dessa pesquisa trata-se do processo de montagem. Ele aproxima o aluno nos conteúdos envolvidos no objeto, suas características físicas, sua lógica construtiva e a solução desenvolvida para aquele objeto. O jogo de montar é aqui experimentado como uma experiência cognitiva de aprendizado. Os modelos serão pensados e desenvolvidos levando em consideração seu caráter pedagógico servindo como exemplos claros e objetivos dessa tecnologia.

 

Professor responsável: Eduardo Campos Moreira

O projeto de pesquisa busca criar recursos para divulgação tecnológica do espaço presente no campus Buritis do UniBH. Esse projeto visa adequar as demandas da nova sociedade para dispositivos que utilizam realidade aumentada ou virtualizada para apresentar o campus Buritis e os seus diversos setores e serviços para alunos ingressantes e que já estão na instituição. Através desse projeto que visa através de dispositivos móveis e realidade virtualizada apresentar conceitos referentes a dinâmica do espaço do curso, buscando promover a marca, disseminar cultura e conhecimento no UniBH, auxiliar alunos na obtenção de informações e espaço sobre o campus, permitindo que setores da instituição tenham visibilidade para o público local. Além disso pretende-se incorporar técnicas de inteligência artificial para apresentar um feedback administrativo sobre os setores mais procurados e apresentar resultados de satisfação aos gestores do UniBH através de respostas fornecidas pelos usuários do aplicativo.

 

Professor responsável: Paulo Vitor de Campos Souza

O estudo é longitudinal, prospectivo cujo objetivo geral é avaliar a presença de microalbuminúria e hipertrofia ventricular esquerda nos pacientes com HÁ. O estudo será realizado no ambulatório de Clínica Médica e Cardiologia do Centro Universitário UniBH, Belo Horizonte, MG, Brasil, considerando os pacientes atendidos nos anos de 2015 4 2016. As variáveis do desfecho são grau de microalbuminúria e controle de hipertensão arterial. Os parâmetros contínuos estudados são idade, tempo de diagnóstico da doença, tempo de tratamento. As variáveis categóricas são relação dos fatores de risco com o grau de microalbuminúria e grau de dispneia. O tamanho da amostra deverá ser de no mínimo 120 pacientes. Assim, num primeiro momento, as informações serão analisadas por meio de técnicas de estatística descritiva, com construção de gráficos, tabelas e o cálculo de medidas (médias, desvios padrões e porcentagens), para resumir os dados. As variáveis do desfecho serão calculadas por meio de estimativas pontuais e por intervalos de 95% de confiança. Temos como objetivo desse trabalho responder ás seguintes questões: Qual a prevalência de HA nos pacientes atendidos no ambulatório de Clínica Médica e Cardiologia do Centro Universitário UniBH? Qual é a prevalência de microalbuminúria nos pacientes hipertensos? Qual é a prevalência de hipertrofia ventricular esquerda ao ecocardiograma dos pacientes hipertensos? Existe relação entre sintomatologia e acometimento de órgãos-alvo?

 

Professora responsável: Mônica Maroia Costa Caldas

Altos níveis de metais pesados ​​no meio ambiente aquático, geralmente, originários da extração e processamento de minério, tornaram-se uma preocupação global devido aos danos que esses elementos ocasionam na saúde ambiental e humana. Após o rompimento das barragens no Município de Mariana, foram encontradas concentrações elevadas de manganês (Mn) e Ferro (Fe) nas águas atingidas pelo rejeito.  Tanto o Fe quanto o Mn são elementos essenciais para o metabolismo vegetal e animal, entretanto, quando encontrados em concentrações elevadas podem ser tornar altamente tóxicos.  Com a crescente interação do setor minerário-industrial, comunidade científica e acadêmica, esforços têm sido concentrados para fornecer conhecimento e tecnologia que auxiliem na recuperação, mitigação e monitoramento dos impactos negativos causados pelos metais. Neste cenário, surge o desenvolvimento das técnicas de biorremediação e biomonitoramento de ambientes impactados. No entanto, o entendimento sobre o potencial de organismos para biorremediar e/ou biomonitar ambientes aquáticos ainda são escassos, principalmente para áreas contaminadas por Mn. Neste trabalho, iremos investigar os efeitos de diferentes concentrações de Fe e Mn sobre o crescimento e conteúdo de pigmentos fotossintéticos da microalga Pandorina sp e cianobactéria Anabaena sp (PCC 7120) e avaliar o potencial desses organismos para serem utilizados em processos biotecnológicos aplicados à recuperação de áreas degradadas. A cepa Pandorina foi isolada dos ambientes afetados pelo rompimento das barragens em trabalhos anteriores realizados no projeto Fitorremediação. Enquanto a cianobactéria Anabaena-PCC7120 é uma cepa isolada no Instituto Pauster, na França, e que contém seu genoma sequenciado e, por isso, tem sido utilizada em vários laboratórios como espécie modelo. Para determinar os efeitos do Mn e Fe sobre o metabolismo das espécies será utilizado o protocolo Guildelines da OCDE (protocolo OECD 201). O crescimento será avaliado sob as concentrações de 5.0, 10.0, 15.0, 25.0, 30.0 e 50.0 mg / L de Fe e Mn. Espera-se, com este estudo, aumentar nossa compreensão sobre os impactos do Fe e do Mn sobre os ecossistemas aquático, obter um modelo para avaliar os efeitos tóxicos de elementos provenientes das atividades mineradoras, tendo como modelo o Mn e Fe, assim como, contribuir para o entendimento da potencialidade das microalgas e cianobactérias para serem aplicadas em técnicas de bioindicadação e/ou biorremediação de ambientes aquáticos impactados.

 

Professora responsável: Claudineia Lizieri dos Santos

Objetivando o desenvolvimento de materiais alternativos e sustentáveis para o tratamento do solo para contenções de barragens, neste trabalho, foi analisado o comportamento da cinza do cavaco de eucalipto, resíduo da planta industrial da empresa Nestlé S/A, no solo argiloso. Para tal, corpos de prova foram feitos com diferentes dosagens do material e submetidos a ensaios de caracterização tecnológica, física e química, com o intuito de avaliar o comportamento e fluxo de água no compósito. Os resultados demonstram o potencial da cinza de cavaco de eucalipto (CCE) como matéria essencial para o aprimoramento das técnicas de contenções, embora a adição ter aumentado a permeabilidade do compósito, os demais ensaios provaram que o material tem forte influência na compactação tendo um aumento de 330% no índice de suporte Califórnia.

 

Professor responsável: Magno André Oliveira

Inscreva-se